Por Camila Albuquerque em 12/04/2013

*Clique no ícone “i” para ver a legenda das fotos.

É comum vermos tendências que muitas vezes sequer imaginaríamos nas ruas, elas tinham tudo para não funcionarem, para não ganharem espaço no nosso guarda-roupa… mas acabam ganhando. A bola da vez é o colar nas costas. Parece diferente demais? E é, porém, o mais incrível é que esse novo jeito de usar o colar realmente funciona e fica lindo. Nos tapetes vermelhos já é possível vermos muitos colares “ao contrário”, se destacando nas costas nuas das atrizes. Mas até no dia-a-dia elas estão usando os modelos mais simples! Algumas garotas muito antenadas também estão aderindo a esta tendência, que aos poucos vem ganhando mais adeptas.

Na prática

Para enxergar o colar de uma maneira nova é preciso selecionar aquele(s) que realmente combinará com o look. Os que possuem correntes mais longas e/ou pedraria são os favoritos, pois chamam mais a atenção de quem te vê passando. Pingentes diferentes também são indicados, mas os clássicos (como aqueles com pérolas) também ficam lindos. Os materiais mais ousados como penas, conchas, etc., ficam para as que sabem usar e não tem medo de arriscar no look.

Vire seu colar para trás

  • O ideal, para que o colar se destaque nas suas costas, é que esta tendência seja usada com peças (blusas ou vestidos) que possuem um generoso decote nas costas, principalmente se você busca “notoriedade” ao seu colar.
  • Decotes nas costas médios são indicados para aquelas que querem ousar menos e escolhem colares com correntes menores e pingentes mais discretos, tornando a produção mais simples.
  • Tenha cuidado com o tipo de corrente ou pingente que você optar, pois eles podem “enganchar” nos fios da sua roupa e acabar estragando aquele seu bordado lindo, por exemplo.
  • As noivas podem incrementar a produção delas com um colar nas costas, fica diferente, único e deixa o clássico vestido branco ainda mais elegante. Pedrarias combinam bastante com esse tipo de ocasião.
  • Tomara-que-caia também pode ficar bom com esta tendência, mas é preciso estar atenta se vai sobrar “ombros demais” (muito espaço na frente), porque daí o espaço que resta na frente pode ficar estranho. Neste caso, os colares médios são os melhores.
  • Os colares sem pingentes ou pedrarias também podem ser usados, de preferência os mais longos. Estes são mais discretos e ideais para produções onde não se pode pesar “demais” nos acessórios.

Veja mais!