Por Anna de Cássia em 17/07/2013

Apesar de ser pouco conhecida entre os brasileiros, a lichia é uma fruta de origem chinesa que possui uma lista imensa de benefícios para a saúde. Ela tem uma aparência bem estranha e diferente de outras frutas às quais já estamos acostumados. De tamanho um pouco menos que o de uma ameixa, a lichia possui uma casca dura e grossa de cor avermelhada que deve ser retirada na hora de comer. A polpa da fruta é branca e docinha, agrada até mesmo os paladares mais sensíveis para frutas, como o das crianças.

Vermelhinha e doce, a lichia tem uma imensa lista de benefícios

Foto: Reprodução

A lichia é extremamente rica em vitamina C – 50 mg para cada 100 gramas da fruta! -, outras vitaminas do complexo B, sódio, cálcio e potássio e por isso tem um alto efeito antioxidante. Graças a estas propriedades a fruta vem sendo muito usada no mercado mundial para a produção de cosméticos.

É verdade que lichia emagrece?

Sim! Essa é a fruta ideal para quem está de regime e deseja perder aqueles quilinhos que estão sobrando, pois além de deliciosa a lichia ainda possui uma baixa quantidade de calorias, além de poucas gorduras e muita água. São apenas 65 calorias em 100 gramas, o que equivale a uma quantidade entre 8 e 15 lichias, dependendo do tamanho. São aproximadamente apenas 6 calorias para cada uma dessas frutinhas vermelhinhas! Por isso esta é uma fruta que não pode faltar na dieta, pois além de emagrecer também contribui com outros benefícios para a saúde.

Além disso um estudo feito na universidade de Hokkaido no Japão comprovou que seu consumo ajuda a diminuir a circunferência abdominal. Este efeito se deve a uma substância contida na lichia, a cianidina, responsável pela cor vermelha da casca, mas que também está presente na polpa e tem uma grande ação na eliminação das gorduras abdominais.

Propriedades medicinais da fruta

  • Graças a alta quantidade de vitamina C em sua composição ela torna-se muito indicada para consumo em casos de gripes ou resfriados.
  • As suas propriedades antioxidantes fazem com que ela seja muito boa contra o envelhecimento precoce da pele.
  • Previne também outras doenças de pele, além de deixa-la mais saudável e hidratada.
  • Os efeitos da fruta ajudam no combate a vários tipos de câncer.
  • O consumo da lichia abaixa os níveis de colesterol no sangue, e por isso evita problemas cardíacos.

Dicas para consumo

  • Por ser bastante exótica, é mais difícil ver a fruta ser usada popularmente no preparo de pratos, e por isso o mais comum é ela ser consumida pura (in natura) ou em forma de suco, porém, aos poucos ela está ganhando espaço na gastronomia e alguns chefes já a estão transformando em ingrediente para suas receitas. O suflê de lichia é um grande exemplo disso.
  • O chá da casca de lichia também pode ser muito útil no combate a diarreia ou erupções na pele causadas por varíola.
  • A partir das sementes de lichia é obtido um pó muito utilizado para resolver problemas intestinais, pois apresenta um grande poder adstringente. É também analgésico e por isso pode ser usado no tratamento de diversas dores (principalmente lesões nos nervos e orquites).
  • Pessoas que sofrem de problemas renais devem ter cuidado na quantidade de lichias consumida. Por apresentar altos índices de potássio (170mg em 100 g da fruta) ela pode tornar-se perigosa para quem sofre deste tipo de problema e por isso deve ser consumida moderadamente.

Veja mais!