Por Anna de Cássia em 26/11/2012

Micose é nada menos que uma infecção causada por fungos. Estas criaturas existem em todas as partes, mas desenvolvem-se principalmente em locais quentes e úmidos – por isso, há uma maior facilidade de se contrair micose no verão.

Os fungos estão sempre em contato com a camada mais externa do nosso corpo, e é possível viver em equilíbrio dessa forma. O problema é quando eles conseguem adentrar o nosso organismo, é ai que surgem as micoses.

Tratamentos para micose

Nesse verão, livre-se de fungos com nossas dicas e tratamentos para micose. | Foto: Reprodução

Podem aparecer nas unhas (principalmente as dos pés), na pele ou até mesmo no couro cabeludo. E não se engane, acontece com mais frequência no verão, mas se você não tiver a higiene necessária poderá acontecer também nas outras épocas do ano. Também é comum ela aparecer na virilha, órgãos genitais, mãos, pés, pescoço e na mucosa. Qualquer lugar que você não higienizar adequadamente está propício ao surgimento destes fungos, que acabam sendo uma porta de entrada para bactérias e vírus no seu corpo, o que podem acabar acarretando até mesmo uma doença mais séria.

Como prevenir

Como as causas de aparecimento desta patologia é em geral a umidade, a prevenção não é tão complicada assim. Basta manter em dia a sua higiene pessoal, e realiza-la sempre da maneira correta, e não às pressas. Quando estamos atrasadas e não nos enxugamos direito após o banho, é ai que eles aproveitam para se instalarem em nosso corpo.

  • Evite emprestar seus objetos pessoais como toalha, escova de cabelo e sapatos, pois caso emprestados a alguém que tenha micose, eles transformam-se em um objeto de contaminação.
  • Enxugue bem todo o seu corpo após o banho, e lembre-se que os cantinhos são a parte mais importante. A virilha, entre os dedos, atrás dos ouvidos… tudo isso precisa ser bem enxugado.
  • Tenha seu próprio kit de unha, sempre esterilizado, e não o empreste a ninguém. Quando for a um salão, pode também pedir à manicure que utilize o seu kit.
  • Se você tiver um animal de estimação, fique atenta a qualquer alteração no pelo do bichinho. Eles também podem nos transmitir micoses, por isso, qualquer coisa estranha, o leve para um veterinário.
  • Evite andar descalça e utilizar roupas muito apertadas. Dê preferência a calcinhas, meias e camisas de algodão.
  • Mantenha sua casa sempre limpa e seca para que não tenha proliferação de fungos no ambiente, o que dificulta que eles cheguem até você.

Tratamentos para micose

Se você apresentar manchas brancas, descamação, coceira, vermelhidão, fissuras doloridas e unhas de coloração alterada, procure um médico. Tudo isso são sintomas de micoses e irão exigir de você não os cuidados da prevenção, mas sim o tratamento, que é um pouco mais complexo.

Dependendo de qual for o tipo de fungo, o tamanho da micose e o local da contaminação, o remédio utilizado será diferente. Por isso, é importante se consultar com um médico, ao invés de apenas ir à farmácia e comprar qualquer remédio para micose. Em alguns casos, as pomadas e sprays já resolvem, porém em outros será necessário tomar remédio via oral, ou até mesmo associar os dois. Muitas vezes, o uso do medicamento precisa continuar, mesmo após os sintomas desaparecerem, caso contrário a micose poderá voltar. Por isso é importante seguir tudo o que o médico disser.

Veja mais!