Por Gabriel Oliveira em 08/08/2011

Peles, destaque em todo inverno

Sabemos que não existe moda outono e inverno sem o uso de peles. Elas são características marcantes dessas estações. Em temporadas passadas, a pele era vista como uma peça de altíssimo luxo, para fazer casacos e roupas completas. Entretanto, esse ano a estratégia foi usá-la como um acessório ou como um complemento para um look já pronto.

Como estamos em época de crises financeiras, os estilistas procuram criar peças com preços mais acessíveis, abrindo mão da pele em suas coleções. Porém, alguns deles continuam criando apenas para a alta sociedade, usando o pelo em abundância.

Como anda a moda…

Mas nessa temporada, o elegante é ser sutil, sem exageros. As peles vieram em formas de pequenos boleros, ou como gola e punhos de uma peça. Os casacos ainda continuam em alta, entretanto, com um comprimento menor, sem todo aquele exagero à la Blackglama, marca especializada no trabalho com peles de animais exóticos.

Tendência de Peles na Passarela

A Gucci, por exemplo, usou elementos da vibe elegante dos anos 70 para compor sua coleção. Os pelos aparecem em vários tons, como roxo, verde, azul, amarelo, entre muitos outros. É uma mistura do conceito do Color Block do inverno com a tendência das peles.

Apesar desse luxo e glamour, o mercado de peles de animais é condenado por muitas ONGs, como o PETA e o Greenpeace, que lutam para que as grifes não produzam mais peças usando essa matéria-prima. Existem peles artificiais que reproduzem fielmente o efeito de uma genuína, dispensando o uso dessa última.

Veja mais!