Por Daiane Silva em 09/09/2011

A preferência nacional por bumbuns faz a mulherada se esforçar em busca do bumbum perfeito, para isso, passam horas nas academias, fazem drenagem linfática e outros inúmeros tratamentos estéticos em clínicas ou ainda gastam boa soma com cremes anticelulites e estrias. Apesar disso, há quem tenha nascido com um dérriere menos avantajado e ponto, não há ginástica capaz de aumentar consideravelmente o tamanho do dito-cujo, para estes casos, e para outros também (afinal, há quem já tenha uma retaguarda de respeito e ainda queira mais!) existem os implantes de silicone! Sim, agora além da comissão de frente, a retaguarda também conta com um reforço! Esta cirurgia tem como objetivo o equilíbrio, o aumento do tamanho das nádegas ou ainda remodelar a forma do bumbum.

Bumbum lindo

Para quem se entusiasmou, veja como é feita a cirurgia de implante de silicone nos glúteos, cuidados, restrições e preço

O primeiro passo é uma avaliação do paciente por um cirurgião, que requisitará exames laboratoriais e uma avaliação com um cardiologista, antes de marcar a cirurgia. Também nessa consulta de avaliação, o médico e o paciente decidirão qual o objetivo esperado da cirurgia, se o aumento ou a remodelação do formato do bumbum, por exemplo. Para isso, escolherão a forma da prótese, sendo as arredondadas para aumento de tamanho e as ovais que modificam também as dimensões laterais do bumbum. Há ainda diferentes texturas, sendo as revestidas de poliuretano e texturizadas, as mais modernas. E ainda, serão considerados detalhes importantes como a elasticidade da pele, cicatrizes, estrias e assimetrias.

As próteses de silicone para o bumbum são mais resistentes do que as usadas nos seios, pois os glúteos sofrem mais impacto com os movimentos dos músculos e com o sentar, necessitando de uma prótese mais forte.

A cirurgia é tida como uma cirurgia muito tranquila, de curta duração, segura e com excelentes resultados ao paciente. Utilizam-se próteses de silicone de gel coesivo com volumes entre 180 ml e 300 ml, que são introduzidos por incisão no sulco interglúteo e colocados embaixo do músculo glúteo. Em seis meses cicatriz se torna imperceptível.

Outros detalhes

  • A duração da cirurgia é de uma hora e meia e a recuperação em torno de 10 ou até 30 dias. A anestesia aplicada pode ser local ou geral, conforme o caso, geralmente Peridural e com sedação. A cirurgia só é feita em pessoas cujo crescimento já estabilizou, acima dos dezesseis anos de idade.
  • Pode acontecer contratura capsular das próteses, ou seja, as nádegas ficam endurecidas e as próteses precisam ser trocadas, mas isso é uma reação particular a cada paciente e costuma acontecer em apenas quatro ou 7% dos casos.
  • Costuma haver dor no local nas 48 horas após a cirurgia, já que os músculos são manipulados e isso é doloroso, mas o uso de analgésicos e antiinflamatórios resolve. No pós-operatório, a indicação é que a paciente repouse de bruços nas primeiras 24 horas e se sente só depois de dez dias, mais ou menos. Os exercícios físicos são liberados após 30 dias.
  • Normalmente não há necessidade de trocar a prótese, a não ser em casos de deslocamento ou outro trauma.
  • O preço médio dessa cirurgia é de R$ 8ooo a R$12000.

Veja mais!