Por Nayla Georgia em 02/08/2012

Ter uma perna torneada e vistosa é o desejo de muitas mulheres e quando o resultado não é obtido na academia, é a vez da medicina ajudar. Assim como as próteses de mama, estão ficando cada vez mais populares as próteses de silicone na panturrilha. É um procedimento cirúrgico relativamente simples e seguro que vem subindo no ranking de operações estéticas e tem atraído muitas mulheres que, mesmo malhando sempre, não conseguem deixar a panturrilha da forma esperada.

Silicone na panturrilha – A cirurgia

Silicone na panturrilha

Foto: Reprodução

Uma vez que tenha decidido fazer o implante de silicone na panturrilha, o primeiro passo é achar um profissional competente na área de estética para lhe ajudar. A cirurgia consiste em implantar o silicone através de um pequeno corte (de 3,5 ou 4 centímetros) feito na prega posterior à dobra do joelho. A anestesia pode ser geral ou raquidiana, depende da vontade da paciente. Existem dois tipos de próteses: o simétrico, que tem sete tamanhos, e o assimétrico, que conta com três tamanhos. Contudo a vontade da paciente deve ser atendida, podendo ela mesma decidir quanto de silicone deseja colocar, fazendo um implante sob medida, levando em consideração que o volume de silicone deverá ter relação com a altura e peso. É importante lembrar que a prótese é definitiva e não precisa ser trocada, devido ao seu material altamente resistente.

O processo cirúrgico

De acordo com os médicos, a aplicação das próteses é relativamente simples, tendo muitas semelhanças com o procedimento feito na região mamária. A paciente necessita ficar mais ou menos uma hora no centro cirúrgico e passar um dia internado em observação. Se confirmado que está tudo certo com a paciente, a cirurgia é realizada e requer quatro a cinco dias de repouso. A paciente poderá receber alta para andar com oito horas após a operação e nos primeiros sete dias é necessário fazer o uso de meias elásticas. Atividades comuns como dirigir o carro, poderão ser realizadas com dez dias após o procedimento, mas as atividades físicas mais pesadas vão ter de ser adiadas por 30 ou 45 dias.

Conhecendo os riscos

Mesmo sendo raras as constatações de erros durante o procedimento do implante de silicone, não é impossível de acontecer. Imprevistos poderão vir a aparecer no decorrer do processo, afinal a prótese de silicone é um corpo estranho e, assim como qualquer corpo estranho que entra no sistema de uma pessoa, pode ter casos inconvenientes. Sintomas como fortes dores na região muscular vão indicar que algo está errado e, em casos extremos, algum trauma pode vir a expor a prótese, já que a pele da perna é muito fina (mais que a pele das mamas) e tem pouco tecido. Um simples inchaço, também pode causar problemas, podendo evoluir para uma isquemia, necrose ou embolia. Tome muito cuidado com a sua prótese.

Quanto custa em média?

O preço vai depender de cada clínica, mas contando com as despesas do material usado na cirurgia e as outras despesas médicas o valor total pode chegar a R$ 12.000,00.

Veja mais!