Por Camila Albuquerque em 27/02/2013

É improvável falarmos em emagrecimento e não nos lembrarmos de dietas malucas que prometem a perda de uma quantidade considerável de gordura semanalmente. A maioria delas é mal estruturada e não possuem uma garantia de resultado contínuo, fazem mal ao organismo, entre outros problemas. No entanto, se for adotada uma dieta regular com base em substâncias naturais o resultado pode surpreender!

A bola da vez é a quitosana, que consiste em uma fibra natural de origem animal, derivada da quitina, que é obtida a partir do exoesqueleto dos crustáceos como caranguejo, lagosta e camarão. Esta substância vem sendo utilizada no meio da saúde como aliada na cicatrização, por quem quer emagrecer e tratamentos para redução de colesterol, e seu resultado é comprovado por dezenas de pesquisas publicadas pelo Parque Tecnológico da Universidade Federal do Ceará.

Quitosana é a bola da vez! Ela emagrece e reduz o colesterol

Foto: Reprodução

Como a quitosana age no organismo?

Quando ingerida a substância impede que a gordura presente nas refeições seja absorvida pelo organismo. Isto ocorre porque a quitosana forma um gel que possui propriedade de atrair-se e ligar-se à gordura, tendo capacidade de ligar-se a uma quantidade de gordura cerca de oito vezes maior que o seu peso, por isso é popularmente conhecida como “esponja de gordura”, e impede os quilinhos a mais, indesejáveis pela maioria das pessoas. Como se trata de uma fibra natural, a quitosana auxilia no aceleramento do metabolismo que interfere diretamente no bom funcionamento do intestino, fazendo com que este fique regularizado. Além de combater o excesso de apetite causado muitas vezes pela quantidade de ácidos presentes no estômago, produzindo uma sensação maior de saciedade. Seus fabricantes afirmam que seu desempenho é melhor quando associada à vitamina C, pois a mesma aumenta o poder de absorção de lipídeos.

A quitosana pode provocar a perda de aproximadamente 250 calorias diárias, e como qualquer substância precisa estar associada à uma alimentação saudável e se possível à prática de exercícios físicos, que garantem uma redução de cerca de 5 quilos em um mês.

Mais detalhes

  • Como usar: Aconselha-se como forma de utilização da quitosana a dosagem de 3 g da substância diariamente, sempre de 15 a 30 minutos antes das refeições. Vale salientar que é indispensável a consulta em médicos especializados como nutricionistas ou endocrinologistas que avaliarão a dose adequada para cada tipo de caso, além de uma alimentação balanceada e a prática de exercícios físicos regularmente.
  • Onde comprar: A venda de quitosana foi autorizada pelo governo brasileiro desde que seu rótulo expresse que a substância “auxilia na redução de gordura” ou “auxilia no controle de peso e do colesterol”. A fibra pode ser encontrada em farmácias de manipulação e de produtos naturais quase sempre em forma de pílulas.
  • Contraindicações e efeitos colaterais:  As contraindicações são para pessoas alérgicas a peixes e frutos do mar, grávidas ou mulheres em período de amamentação. É indicado o consumo brando de líquidos, cerca de 8 copos ou dois litros de água por dia, juntamente com a substância, pois como toda fibra ela absorve bastante água podendo causar prisão de ventre no caso de pouco consumo da mesma. A quitosana pode causar reações alérgicas diversas que vão desde alterações na pele ao choque anafilático, assim é indicado antes de consumi-la fazer uma consulta médica.

Veja mais!