Por Nayla Georgia em 04/06/2012

A quinoa, também chamada de quinua, é considerada um pseudocereal do ponto de vista botânico. Ela contém substâncias que ajudam no transporte de oxigênio pelas células sanguíneas, também é recoberta pela substância chamada saponina, que pode reduzir os níveis de colesterol produzidos pelo fígado se relacionada com as fibras que possui. O falso cereal é conhecido por ser um dos alimentos mais completos, seus níveis de proteínas são comparados às fontes de origem animal, não por sua quantidade, mas sim, pois junta vários tipos de proteínas que o nosso sistema necessita. A quinoa é rica em zinco, ferro e cálcio. Alguns cientistas acreditam que o seu consumo poderá vir a dar um fim na anemia.

Benefícios

Quinoa

Conheça todos os benefícios desta semente emagrecedora | Imagem: Reprodução

  • Previne a osteoporose das mulheres após o período de menopausa;
  • Pode curar a anemia;
  • Aumenta a sensação de saciedade, assim, ajuda a emagrecer;
  • Faz bem para o coração;
  • Melhora a memória;
  • Desenvolve a rapidez nos reflexos, a facilidade de aprendizagem e a inteligência;
  • Supre a falta de proteínas;
  • Não possui glúten.

Conhecendo melhor suas propriedades

O pseudocereal é riquíssimo em proteínas principalmente, mas não é o único item que faz parte de sua composição. As vitaminas do complexo B (boas para o metabolismo das células. Elas são B1, B2 e B3), C, D (ajuda a absorver cálcio) e E (antioxidante) estão presentes também, juntamente com o magnésio, potássio, ferro, manganês e zinco. Os aminoácidos presentes na quinoa ajudam a desenvolver a inteligência e deixa a memória “afiada”. Ela ainda é rica em ácidos graxos poli-insaturados, que são substâncias que auxiliam a reduzir o colesterol e as triglicérides, assim, evita problemas cardiovasculares.

A quinoa emagrece?

Mesmo bastante calórica (possuindo 374 calorias em uma porção de 100 gramas), a quinoa ajuda a emagrecer. Como o pseudocereal é rico em fibras, elas ajudam a aumentar a sensação de saciedade durante as refeições e ainda melhora o funcionamento do intestino e reduz a absorção de gorduras.

Como consumir a quinoa

O grão pode ser encontrado em três formas: flocos, sementes e farinha. É recomendado consumir três colheres de sopa da quinoa por dia. Os flocos podem ser ingeridos juntamente com outros alimentos, como frutas, sopas ou barras de cereal. Já os grãos e a farinha substituem receitas, sendo o primeiro o substituto do arroz integral e o segundo vai no lugar da farinha branca na composição de massas e pães.

Produção e mercado

A produção original da quinoa é dos Andes, mas no Brasil já é feita a colheita da semente. Nosso país tropical tem condições de produzir a quinoa em grande escala tão boa quanto ou ainda melhor que a andina. As plantações tomam conta das regiões Sudeste, Sul e Centro-oeste, sendo assim, a maior parte dos grãos que estão no comércio são importados da Bolívia.

Compra

O preço é um pouco “salgado” para o bolso das pessoas (meio quilo curta em torno dos R$ 30,00).

Veja mais!