Por Ana Ligia em 07/10/2016

Muitas pessoas já devem ter lidado com o sentimento de frustração e injustiça quando mesmo depois de muito trabalho e esforço não conseguem obter uma recompensa financeira ou profissional. Mas saiba que, talvez, você seja o(a) único(a) culpado(a) por isso.

“Isso acontece porque criamos ‘verdades’ que nos sabotam e impedem a nossa prosperidade financeira. E essa situação está extremamente ligada a nossa visão reducionista das coisas”, explica a psicóloga, Maura de Albanesi.

De acordo com a profissional, para tentar mudar essa realidade que nos impende de conquistar o sucesso, seja ele profissional ou financeiro, é preciso abrir a mente e repensar alguns tipos de comportamentos.

Psicóloga explica o que impede a sua prosperidade financeira e profissional

Foto: depositphotos

Por exemplo a competição. Segundo a psicoterapeuta, as pessoas que são bem sucedidas na vida não se sabotam pensando apenas na competição com o próximo.

“As pessoas que competem, que ficam de olho no que o outro tem, começam a se desgastar e criam um ciclo de escassez terrível. Isso está associado à ideia de que se o outro tem ou vende determinada coisa, eu não vou conseguir vender”, explica a especialista.

É fundamental que mudemos esse tipo de sentimento para com o próximo. “A competição é um obstáculo à prosperidade, porque ela faz a gente pensar que tudo vai acabar; se todos tiverem, não vai sobrar mais para mim. O que na verdade eu devo pensar é que, por exemplo, pessoas que estão vendendo o mesmo produto que o meu, na verdade, colaboram para que o nicho de mercado que eu estou inserido fique mais aquecido. Ou seja, ela desperta nas pessoas a importância desse produto. Então, essas pessoas não são meus competidores: são meus colaboradores”, completa.

A visão em relação ao próximo não precisa mudar somente na questão da competição; é preciso também parar de denegri-las.

“Pessoas de sucesso não denigrem o outro: elas, pelo contrário, elogiam quem está fazendo melhor do que ela. Quem tem a mentalidade de escassez começa a diminuir o outro para que o dele apareça. Uma mentalidade de sucesso aplaude o outro”, ensina a especialista.

A psicoterapeuta destaca que as pessoas que conseguem um sucesso financeiro, não costumam ter uma visão egoísta do trabalho e sim, bastante altruísta: “Todos podem melhorar e usufruir daquilo que você faz. Você não vai trabalhar só para si, mas para produzir algo de bom. É muito bom ter um número maior de pessoas que você possa abranger através do seu trabalho, do seu esforço”.

Veja mais!