Por Pollyana Batista em 26/04/2017

A busca por hábitos de vida mais saudáveis e alimentos de qualidade pode está deixando muita gente doente. Ao menos é o que afirma uma pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde, a OMS.

Segundo o levantamento, cerca de 28% da população do Ocidente estaria com um problema chamado Ortorexia. Mas o que é isso? Você já ouviu falar?

Apesar de oficialmente ainda não ser considerada uma patologia, a Ortorexia tem status de doença e pode causar inúmeros transtornos para os seus portadores. O distúrbio acontece quando a pessoa tem tanta obsessão por alimentos saudáveis que acaba adoecendo socialmente.

Obsessão por comida saudável também é um distúrbio, diz médica

Foto: depositphotos

Sintomas da Ortorexia

Segundo a endocrinologista Vivian Estefan, “gastar muito tempo com pesquisas e preparo de comidas ou mesmo em atividades físicas, causando prejuízo às relações familiares e corporativas, são os principais sintomas desse distúrbio”.

Isso tem acontecido cada dia mais por conta do grande fluxo de informação que está hoje acessível para qualquer um. Desta forma, as pessoas acabam absorvendo todo o conteúdo das dietas saudáveis sem o acompanhamento especializado e profissional.

Adolescentes são mais atingidos por esse distúrbio

Essa influência pode prejudicar e muito grupos específicos de indivíduos, principalmente os mais vulneráveis, como os adolescentes que mergulham de cabeça nesse distúrbio alimentar para fazerem parte de um grupo bem aceito pela sociedade.

A compulsão leva a pessoa a buscar incansavelmente a composição química e a quantidade de calorias presentes em cada alimento. Esse comportamento, segundo os médicos, pode isolar o indivíduo pois ele evita ocasiões onde os alimentos oferecidos não estejam adequados ao seu perfil de consumo.

Pânico e depressão: desencadeadas pela Ortorexia

Apesar de manter o organismo saudável com o consumo de uma dieta rica em nutrientes, é possível desenvolver patologias relacionadas à mente, como crises de pânico e depressão. “O paciente desenvolve uma fixação pela alimentação saudável, o que acarreta em um auto isolamento. Por isso, é preciso ficar atento aos sinais e procurar ajuda imediata com especialistas da área”, recomenda a endocrinologista.

Sinais do transtorno

Nesses casos somente um médico pode ajudar e dar o diagnóstico. Mas é possível reconhecer alguns sinais do transtorno de Ortorexia. Veja alguns sinais e procure ajuda médica caso suas respostas sejam afirmativas.

1. Você evita sair para fazer refeições fora por conta dos tipos de alimentos que serão servidos.
2. Na sua casa é proibido trazer qualquer comida que não seja saudável. Mesmo que não seja só você que vai comer.
3. Você evita ir a supermercados e só compra seus alimentos em lugares especializados.
4. Seus amigos e parentes já comentaram seriamente sobre como sua postura incomoda.
5. Você sente culpa e tristeza se come qualquer coisa que não esteja dentro da sua dieta.

Veja mais!