Por Ana Ligia em 09/08/2016

Os males que a obesidade traz para a saúde não são mais nenhuma novidade. Mas o que é pouco debatido são os danos que a doença pode causar para a os dentes e gengiva.

Dados da Associação Internacional de Pesquisa Dental (IADR) revelaram os problemas para a saúde bucal que o sobrepeso em excesso pode desencadear.

Uma dessas doenças é a periodontite, um problema que resulta na inflamação das gengivas, que causa danos graves nas fibras e osso de sustentação da arcada dentária.

Obesidade pode ocasionar inflamações graves na gengiva

Foto: depositphotos

O estudo revelou que quem tem um peso mais elevado do que o “normal” aumenta 11% o risco de contrair periodontite. E aquelas pessoas que sofrem de obesidade o risco é de 27%.

Os pacientes que sofrem de obesidade tendem a possuir uma resposta inflamatória intensificada, que é o caso da periodontite. De acordo a dentista Juliana Rossi, a periodontite costuma acontecer na vida adulta, após os 30 anos, decorrente de uma gengivite não tratada ou mal curada.

“Nessa doença, a placa bacteriana endurece e forma o tártaro, que afasta a gengiva dos dentes e cria uma bolsa periodontal. Com isso, as bactérias entram pela gengiva e atingem o tecido ósseo dos dentes e as fibras de ligamento que os sustentam”, completa.

Quando a periodontite não é tratada cedo, ela pode avançar para um estágio que ocorrerá o afastamento do gengiva em relação aos dentes. Quando isso ocorre de forma intensa, a perda do dente pode chegar a acontecer.

Juliana acrescenta que a conscientização do paciente é o melhor método para evitar a periodontite.

“O controle mecânico diário da placa bacteriana, por meio de uma técnica correta de higiene bucal, com escova dentes, fio dental e escovas especiais para uma higiene bucal avançada, quando necessárias, são suficientes para manter a gengiva e os dentes em condição de saúde e reverter os episódios de gengivite”, finaliza.

Veja mais!