Por Daiane Silva em 19/12/2011

Após a chef e apresentadora inglesa, Nigella Lawson aparecer mais magra, houve protestos de seus fãs, admiradores de suas curvas e também houve a típica corrida atrás do ingrediente milagroso pelas pessoas que querem os mesmos efeitos.

A apresentadora de 51 anos, é muito bonita, tem corpo com curvas que não costumam mais  ser valorizadas e é conhecida por ser adepta de receitas que não economizam em gorduras e também manter hábitos pouco admiráveis, como fumar e beber, além de experimentar todas as comidas calóricas em seu programa de televisão semanal (GNT, quinta, 18hs), sem culpa nenhuma. Pois ela, que é a musa de quem não concorda com o culto à magreza, comum em nossos dias, emagreceu subitamente e causou espanto!

Dieta do macarrão

Segundo informações e entrevistas da própria Nigella, o segredo de seu emagrecimento é um macarrão japonês com apenas dez calorias, chamado “Konjac”, do qual seu site já vinha falando cerca de um mês antes dela apresentar sua nova silhueta mais enxuta: “Estamos empolgados por termos descoberto o miojo milagroso, um tipo de massa livre de carboidratos!”

Obviamente, após isso, todos e todas querem experimentar o tal macarrãozinho especial e saber tudo sobre ele!

Afinal, o que é o miojo milagroso e como ajuda a emagrecer?

Uma das principais características desse macarrão é que ele tem o poder de produzir a sensação de saciedade, já que contém glucomanan, uma substância que, em contato com a água, se expande e preenche o estômago, deixando a pessoa satisfeita. Segundo o nutrólogo Eric Slywitch, o estômago comporta 1,5 litros e o macarrão preenche 300ml, sendo consumido sem exageros, funcionando como uma redução de estômago temporária.

Além disso, ele ainda pode ser utilizado para a redução dos níveis de:

  • colesterol,
  • triglicérides,
  • pressão e glicose.

Antes e depois da dieta de Nigella Lawson

Antes e depois da dieta de Nigella Lawson

O konjac é considerado como a melancia das massas, pela grande quantidade de líquidos, representando 97% de sua composição e os outros 3% sendo fibras. No Japão é conhecido como “vassoura para o estômago” e também é chamado de “língua do diabo”, vendido em grandes blocos de cheiro forte e textura gelatinosa, sendo chamado de “konnyaku”.

Itokonnyaku

Aqui no Brasil, o macarrão é chamado de “itokonnyaku”. Em alguns outros países, é chamado também de “Konnyaku”, “shirataki”, “konjac” e, os americanos se encarregaram de dar a ele um nome vendável: “miracle noodle”(miojo milagroso). O produto pode ser adquirido através de diversos sites, como o Amazon.

Também alguns restaurantes especializados em comida japonesa, como o Prana Sushi, em Porto Alegre, serve o macarrão nessa forma, fatiado e grelhado com shoyo. Segundo o cozinheiro do restaurante, Diogo Celente, um bloco de “konniaku” tem apenas 10 calorias e garante a sensação de saciedade, além disso, por conta de seu sabor insosso, funciona como o chuchu, podendo ser acrescentado de temperos e utilizado em preparados como os cozidos e sopas, absorvendo o sabor dos caldos.

Mas, apesar de ser o ingrediente milagroso da vez para o emagrecimento, é importante lembrar que este macarrão não possui nutrientes suficientes para garantir boa alimentação se consumido isoladamente, portanto, acrescente-o em sua dieta de modo complementar, quem sabe como um jantar, por exemplo, mas não abra mão de uma dieta regular e rica em frutas e verduras, além de proteínas, que são fundamentais à saúde!

Veja mais!