Por Robson Merieverton em 25/03/2019

Namoro à distância dá certo? Não há dúvidas de que a forma com que as pessoas se relacionam, hoje em dia, mudou muito, principalmente tomado como base de comparação épocas passadas.

Nesse ponto, dependendo do casal, alguns probleminhas estão sempre em evidência, sobretudo a falta do contato diário para fazer algumas atividades. Além da insegurança, ciúme e por aí vai.

Para falar mais sobre o assunto, além de explicar alguns pontos em específico, o portal Garota Beleza foi atrás da opinião de uma profissional. A escolhida foi a psicóloga Geyse Danúbia, que também atua no Núcleo Ampliado à Saúde da Família (NASF).

Namoro à distância dá certo?

Para início de conversa, o importante é responder logo o “x” da questão: Namoro à distância dá certo? A resposta é sim. Mas isso também vai depender da forma com que o casal entende a distância e também no grau de confiança que um tem no outro.

Casal se despedindo

É possível namorar à distância quando o casal tem maturidade (Foto: depositphotos)

Segundo Geyse Danúbia, “qualquer relacionamento dá certo a depender das pessoas que estão se relacionando. Na verdade, tudo vai depender da maturidade das duas pessoas que estão se relacionando”, afirma.

O relacionamento a distância tem algumas características diferentes do relacionamento de proximidade, onde o casal mora na mesma cidade. Por sinal, esse ponto pode ser positivo ou negativo, a depender da visão de cada um.

Sendo assim, é preciso disposição. “As pessoas têm de estar preparadas para lidar com as questões do relacionamento, além da disposição de seguir a vida juntos. Dependendo das pessoas, ele também pode ser visto como a melhor parte”, enfatiza a psicóloga.

As barreiras de um relacionamento à distância

Não precisa pensar muito para que alguns casais apontem a própria distância como a principal barreira para que um relacionamento desse tipo não dê certo. Porém, a coisa vai bem além. A maturidade é imprescindível para manter o casal junto.

“Acredito que a maior dificuldade é a questão da segurança que um tem no outro. No relacionamento à distância, nem sempre é possível olhar um no olho do outro, nem tão pouco ter a presença física”, explica Geyse Danúbia.

Um fator que engloba todo esse lado é a maturidade emocional. Nesse ponto, a forma com que as pessoas veem e interpretam as situações pode ser a chave para um relacionamento saudável e cheio de amor e cumplicidade.

Conversar olhando no olho do parceiro pode dizer muita coisa. Para os casais que nutrem um relacionamento à distância, esse ponto é compensado pela segurança no parceiro.

“Talvez a maior dificuldade seja a comunicação entre o casal. Se ele não tiver uma afinidade e cumplicidade, o relacionamento vai ser sempre rodeado pelo fantasma da insegurança, onde medos e desconfiança vão sempre estar por perto”, detalha Geyse.

Como administrar um relacionamento à distância

Conduzir um relacionamento à distância pode parecer complicado para quem tem o primeiro contato com a novidade. Porém, a depender da maturidade emocional do casal, tudo flui de forma natural, onde o que aparece como o principal empecilho, vira solução.

“Primeiro de tudo, as duas pessoas têm de saber o que querem. Não adianta um relacionamento a distância se uma das pessoas é ciumenta, insegura ou controladora. Isso vai acabar interferindo diretamente no distanciamento”, pontua a psicóloga.

“As pessoas têm de colocar em mente que a distância tem lá seus pontos positivos e negativos”, desmistifica Geyse. Nesse caso, a dica é aproveitar ao máximo o tempo que tem para ficar juntos.

Se o casal fica longe durante a semana, mas no fim de semana fica perto, tem de aproveitar esse momento. “Caso não exista essa maturidade, vai acabar transformando esses poucos momentos em brigas”, diz a profissional.

Ela ainda aproveita a oportunidade para sugerir uma forma diferente de tratar a distância. “A distância tem tudo para ser uma motivação positiva. Um casal que fica distante de uma a duas semanas, quando se vê, eles vão se encontrar com muito mais saudade e vontade de estar junto”.

Se o grande problema é a distância, a dica também é tentar aproveitar esse “problema” de forma a torná-la positiva para ambos, assim como também sugere a psicóloga Geyse Danúbia.

“Se pararmos para pensar, com a distância, os dois vão ter tempo para resolver suas questões. Se a pessoa está estudando ou trabalhando vai ter como fazer tudo com foco, sem ter o problema de dividir a atenção do dia com a pessoa”.

Distância é sinônimo de brigas

Pelo que já deu para perceber, mesmo tentando enxergar a distância de forma leve e positiva para o relacionamento, a depender da forma com que as pessoas a entendem, tudo pode se transformar em brigas longas e duradouras.

“A distância pode ser um motivador de brigas, principalmente se uma das pessoas não estiver ciente das características do relacionamento em si”, explica a psicóloga. Mas, existe uma forma de fugir disso tudo e levar um relacionamento de paz.

“Todo o relacionamento tem suas motivações de brigas. Se a pessoa que se relaciona a distância estiver ciente que aquela distância é necessária, o relacionamento tem condições de fluir. Mas se a pessoa quiser ter o controle, e por conta da distância a pessoa achar que perdeu o controle do outro, realmente não tem chance”, elucida.

Como agradar em um namoro à distância

Seja um relacionamento de proximidade ou à distância, quem é que não gosta de ser surpreendido? Assim, fica fácil cultivar o amor que une o casal. Para tanto, investir em momentos de surpresa pode ser uma solução para manter acesa a chama.

Uma dica é investir em presentinhos. Tratar com uma floricultura para entregar presentes, ou fazer aquela compra via internet, com entrega direto na casa do amado ou amada é ponto positivo para o relacionamento.

Casal se abraçando

Ative o modo romântico para enfrentar os obstáculos do namoro à distância (Foto: depositphotos)

Já para quem se encontra nos fins de semana, também não custa nada preparar um mimo especial. Não precisa gastar muito! Um cartão com um chocolate ou aquele presentinho preparado por você mesmo, ganha uma valorizada especial na hora do encontro.

Ainda sobre a distância, aproveite o advento que a tecnologia oferece para fazer tarefas juntos. Nesse caso, vale fazer chamadas de vídeo, ou conversar ao telefone enquanto faz alguma tarefa.

Procure integrar o parceiro ou parceira no seu dia a dia. Isso vai fazer com que ele se sinta importante e lembrado. Dicas como essas não custam muito para serem seguidas e, no relacionamento, fazem uma grande diferença.

Frases para namoro à distância

Aproveite essa distância para atenuar seu lado romântico. Assim, mandar algumas frases românticas inspiradas nessa distância pode fazer muita diferença. Veja agora uma lista com várias dessas frases:

“O amor calcula as horas por meses, e os dias por anos; e cada pequena ausência é uma eternidade.” (John Dryden)

“A distância faz ao amor aquilo que o vento faz ao fogo: apaga o pequeno, inflama o grande.”  (Roger Bussy-Rabutin)

“De longe te hei de amar – da tranquila distância em que o amor é saudade e o desejo, constância.” (Cecília Meireles)

“Se pela força da distância você se ausenta, pela força que há na saudade você voltará.” (Padre Fábio de Melo)

“A distância é como os ventos: apaga as velas e acende as grandes fogueiras.” (François La Rochefoucauld)

“A ausência só mata o amor quando ele já está doente na data da partida.” (Condessa Diane)

“Quem inventou a distância nunca sofreu a dor de uma saudade.” (Martha Medeiros)

“A distância mais longa é aquela entre a cabeça e o coração.” (Thomas Merton)

Poesias

“A longa distância apenas serve para unir o nosso amor.
A saudade serve para me dar
a absoluta certeza de que ficaremos para sempre unidos…
E nesse momento de saudade,
quando penso em você,
quando tudo está machucando o meu coração
e acho que não tenho mais forças para continuar;
eis que surge tua doce presença,
com o esplendor de um anjo;
e me envolvendo como uma suave brisa aconchegante…

Tudo isso acontece porque amo e penso em você…”

(William Shakespeare)

“Dedução

Não acabarão nunca com o amor,
nem as rusgas,
nem a distância.
Está provado,
pensado,
verificado.
Aqui levanto solene
minha estrofe de mil dedos
e faço o juramento:
Amo
firme,
fiel
e verdadeiramente.”

(Vladimir Maiakóvski)

“Eu quero é teu calor animal

Mas onde já se ouviu falar num amor à distância,
Num teleamor?
Num amor de longe…
Eu sonho é um amor pertinho…
E depois
Esse calor humano é uma coisa que todos – até os executivos têm
É algo que acaba se perdendo no ar
No vento
No frio que agora faz…
Escuta!
O que eu quero
O que eu amo
O que eu desejo em ti
É teu calor animal…”

(Mario Quintana)

Embarcando em um namoro à distância

Se você está pensando em embarcar em um namoro à distância, antes de levar em consideração as dificuldades, que é comum em todo o relacionamento, procure enxergar o lado positivo.

Com as dicas passadas nesse artigo, assim como a orientação do profissional, tudo ficará mais fácil de ser compreendido e os desafios superados. Aproveite o melhor que a distância pode proporcionar e, boa sorte!

*Geyse Danúbia é formada em Psicologia e pós-graduanda em Saúde Mental. Ela atua no âmbito da Psicóloga do Núcleo Ampliado à Saúde da Família (NASF).

Veja mais!