Por Daiane Silva em 13/10/2011

Existem opiniões diversas sobre o surgimento da massagem tailandesa, uns dizem que foi criada na Índia, originalmente como uma massagem ayurvédica e depois, levada à Tailândia, recebeu influências das terapias chinesas; já outros acham que foi criada por monges na Tailândia, há 2.500 anos, com o intuito de cura. Talvez porque misture os conhecimentos sobre os pontos de energia do corpo, como os chineses utilizam na acupuntura e os alongamentos feitos pelos iogues na Índia, o certo é que é uma massagem bastante procurada para relaxamento e cada vez mais considerada como um bom tratamento alternativo.

Massagem Tailandesa

Tem o objetivo de desbloquear os pontos vitais onde a energia esteja com o trânsito interrompido. A tradição fundamental da massagem tailandesa é espiritual e visa à cura física, emocional e espiritual, por isso, não deve ser confundida com massagem sensual, como é comum acontecer. No ocidente acostumou-se a ver essa técnica de massagem como sendo erótica devido ao possível envolvimento do corpo da pessoa massageada e do corpo da terapeuta.

É claro que pode ser utilizada (e costuma ser!) por casais para entrarem no clima de sensualidade, mas o objetivo real não é esse.

Nessa massagem são utilizadas pressões e alongamentos passivos de forma suave ao longo das linhas de energia, o que aumenta a flexibilidade, alivia a tensão muscular e além de tudo, relaxa e energiza muito!

Normalmente é aplicada em uma esteira futon ou colchonete no chão. A pessoa a ser massageada pode vestir roupas largas e confortáveis ou um roupão.

O profissional vai empurrar e manipular o corpo do massageado em várias direções e ainda fazer pressão nos pontos necessários, assim como vai utilizar partes de seu próprio corpo, como pés e pernas, além das mãos, é claro, para movimentar e apoiar o corpo do paciente e realizar os movimentos da massagem.

Nesse vídeo podemos ver como é aplicada a massagem tailandesa

Basicamente, há quatro partes utilizadas na massagem tailandesa

  1. PARA AQUECER O CORPO, TORNANDO-O RECEPTIVO À MASSAGEM: alargar os tendões da perna, pressionando a parte traseira da coxa em pontos ao longo das linhas de força da perna.
  2. PARA ALONGAR A COLUNA: a terapeuta puxa o paciente pelos pés e os empurra para a frente e para a parte de dentro, comprimindo o abdômen.
  3. ALONGAR  A COLUNA TAMBÉM: o cliente, com os joelhos dobrados sobre o tapete,as mãos e pés seguras pelo terapeuta, será puxado para cima, pelos ombros, alongando as costas.
  4. ALIVIA TENSÃO NOS OMBROS E COSTAS: o paciente deita-se de costas, com os pés encostados no terapeuta, que o puxa pelos braços.

Mesmo parecendo. À primeira vista complicada e dolorosa, a massagem tailandesa não oferece nenhuma dor a quem  recebe. Esse tratamento, além de todos os benefícios já mencionados, também deixará o receptor da massagem mais centrado e alerta.

Veja mais!