Por Katharyne Bezerra em 18/08/2017

Dores intensas no rosto, olhos, testa e pescoço são características da enxaqueca, uma intensa dor de cabeça que acaba afetando todo o corpo, provocando fadiga, tontura, mal-estar e vertigem. Além destes sinais, é comum que o paciente que apresente este problema tenha sensibilidade a luz, irritabilidade e náuseas.

Diante de tantos sintomas ruins, a melhor maneira de lhe dar com a enxaqueca é evitando-a. Por isso, é importante prestar atenção as motivações desse problema. De acordo com o phD em coluna, o professor Joe Rosário, as causas para esta condição não se limitam a gripes, resfriados ou estresse.

Para o fisioterapeuta, a postura também pode ser considerada uma das grandes causadoras da enxaqueca. Sendo assim, o especialista explica e oferece algumas dicas para facilitar a vida das pessoas que sofrem com esse problema devido a postura adotada no dia a dia.

Má postura pode causar enxaqueca. Fiquem atentas, meninas!

Foto: depositphotos

Como a postura influência na enxaqueca?

Quem acredita que uma má postura prejudica apenas a coluna, está enganado. O modo como você dorme, trabalha, caminha e até mesmo as demais atividades que você faz durante o dia pode influenciar no bem-estar do organismo no geral.

Isto ocorre porque a tensão causada na parte das costas, ombros e pescoço quando se mantém uma posição desfavorável para coluna, pode terminar ocasionando uma dor de cabeça. Inicialmente, as pulsações se concentram na região do crânio e depois de espalham pelo rosto e testa.

Evitando a enxaqueca

Segundo Joe Rosário, uma das maneiras de evitar a enxaqueca é cuidando da postura. Por isso, é ideal privar o corpo de manter apenas uma posição, por um longo período de tempo. “Se a pessoa passa muito tempo ao telefone, por exemplo, o ideal é usar ferramentas, como fones. Isso vai ajudar a pessoa a não colocar o telefone entre a cabeça e o ombro, costume que causa tensão nos músculos e também pode causar dores de cabeça”, indica.

Outra grande causa da enxaqueca relacionada à coluna é a dor miofacial. Esta dor surge de forma espontânea através dos pontos de gatilho que se encontram em faixas musculares tensas.

O que causa a tensão nestas regiões são as lesões nos discos intervertebrais, movimentos repetitivos, fadiga geral, imobilização de algum membro, escassez de vitaminas e sais minerais etc.

Desta forma, é indicado buscar por sessões de fisioterapeuta, para liberar estes pontos tensos. “É muito frequente que pontos gatilhos no pescoço causem as enxaquecas. Os médicos procuram na cabeça, solicitam ressonâncias magnéticas e não encontram uma causa. Nestes casos, remédios são pouco eficazes. Já tive paciente sofrendo de enxaquecas por mais de 20 anos! Essas dores de cabeça podem desaparecer em um dia se tratamos a fonte da dor, que no caso é o pescoço”, explica o profissional da área.

Chá de gengibre contra a enxaqueca

Má postura pode causar enxaqueca. Fiquem atentas, meninas!

Foto: depositphotos

Uma dica preciosa para quem já sofre com essas fortes dores, é apostar no chá feito através de gengibre. Para isso, basta ferver em um litro de água filtrada 50 g desta raiz ralada, por pelo menos 15 minutos.

Após o tempo determinado, coe o chá e espere esfriar um pouco. Quando já estiver bom para o consumo, beba o líquido várias vezes ao dia. Contudo, vale ressaltar que esta receita só é indicada para quem não possui problemas com pressão alta. Além disso, se com esse tratamento o paciente não melhorar em 24 horas, é mais indicado buscar ajuda médica.

 

Veja mais!