Por Daiane Silva em 08/11/2011

A busca pelo corpo enxuto

Essa é uma luta árdua, que move muitas pessoas numa mesma direção: vencer gorduras que se acumulam em locais estratégicos e não vão embora facilmente!

Existem diversos tratamentos estéticos para remover as gorduras localizadas, mas, cada um tem suas características, e, nem sempre elas servem para todas as pessoas, principalmente em se tratando de técnicas invasivas, como lipoescultura ou lipoaspiração, por exemplo. Agora, surge uma nova opção em tratamentos que movem e destroem gorduras: é o Lipossoma de Girassol, que contém essas propriedades, lipolítica, que destrói as células de gorduras e lipotrópica, que move essas células, fazendo com que sejam metabolizadas através da urina.

Lipossoma de Girassol

Esse tratamento, desenvolvido pelo laboratório catarinense Biometil em 2008, vem substituindo o medicamento Lipostabil, que foi proibido pela ANVISA. Agradando aos médicos e aos pacientes no tratamento de gorduras localizadas e celulite. A aplicação do lipossoma de girassol é feita em consultório, pode ser feita em qualquer pessoa, desde que não sejam gestantes e acaba com os pequenos acúmulos de gorduras de áreas específicas, como glúteos, lateral do abdômen, coxas, acima dos joelhos, etc.

Girassol

Uso deste artifício

  • A aplicação é praticamente indolor e pode ser feita a qualquer época do ano.
  • Após uma higienização dos locais prédeterminados pelo médico, é aplicada a ampola do medicamento com uma seringa. Logo depois, o(a)  paciente já é liberado(a) e pode voltar às suas ocupações normalmente.
  • Apenas devem ser observados os cuidados após a aplicação: usar uma cinta ou bermuda de compressão por três dias e, preferencialmente, associar esse tratamento à massagens, como drenagem linfática, para evitar a formação de edema no local.

Veja mais!