Por Ana Ligia em 27/03/2018

Um dos maiores constrangimentos que um ser humano pode passar é estar com mau hálito. Mas o que poucas pessoas sabem é que, algumas vezes, pouco adianta tratar o efeito, se a causa não for encontrada. E em diversas situações, o mau cheiro pode acontecer devido a desequilíbrios no organismo.

Além da halitose poder ser um dos sinais de doença, o mau hálito também acaba tendo alguns efeitos no dia a dia, como provocar o isolamento no ambiente social e profissional.

Outra situação que gera a halitose é o longo intervalo em jejum. Esse tempo que passamos sem nos alimentar leva à queda do nível de açúcar no sangue, consequentemente alterando o hálito.

Causas da halitose

Para buscar a causa da halitose é indicado consultar um dentista

Longos períodos em jejum pode causar o mau hálito (Foto: depositphotos)

O uso de medicamentos que têm a redução da saliva como efeito colateral, forma placas de bactérias brancas na parte posterior da língua ou interior das amígdalas, o que também pode ocasionar o problema.

Pacientes que já tiveram problemas como diabetes, disfunção renal grave, carência de vitamina C e outras enfermidades mais sérias também costumam apresentar a halitose, mas são esses a minoria dos casos.

Veja também: Como clarear os dentes com tratamentos caseiros?

“Apesar de existirem cerca de 90 causas para o mau hálito, aproximadamente, 95% dos casos têm origem na boca, especialmente nas alterações da gengiva e do periodonto”, afirma a dentista e consultora de higiene bucal da Condor, Érika Vassolér.

Como combater o mau hálito

A melhor forma de combater o mal hálito é descobrir o que causa o problema. Para descobrir qual o gatilho que “dispara o problema”, um dentista deve ser consultado.

O tratamento irá depender do diagnóstico feito pelo especialista, que pode variar desde a mudança de hábitos na hora da escovação, como o uso do fio dental e enxaguante bucal, até uma alteração na alimentação, entre diversos outros.

Veja também: Passar fio dental é essencial para ter dentes saudáveis

Mito ou verdade sobre halitose

O mau hálito é problema exclusivo dos adultos?

Mito. As crianças também podem apresentar características da doença, mas com uma diferença; a halitose nas crianças pode ocorrer pela manhã e é resultado da escassez de saliva enquanto ela dormia. Na dúvida, procure um especialista.

Halitose é hereditária?

“O mau hálito em si não pode ser passado de geração em geração, porém doenças diagnosticadas e que causam o problema, podem ser hereditárias. Por exemplo, se uma mãe tiver uma doença que tem como sintoma o mau hálito, o filho também pode desenvolver tanto a doença quanto a halitose”, afirma a consultora.

Veja também: Mau hálito pode ser resolvido com tratamentos caseiros

Veja mais!