Grávidas: médica dá dicas para evitar inchaço e varizes

O desconforto é causado pela progesterona, hormônio que aumenta durante a gestação e que provoca a dilatação das veias


Você está grávida e sente dores nas pernas? A cirurgiã vascular e angiologista, Aline Lamaita, afirma que esse incômodo é causado pela progesterona, hormônio que aumenta durante a gestação e que provoca a dilatação das veias.

Além disso, a médica explica que “o crescimento do feto eleva a pressão nas veias das pernas. E para completar, as estações mais quentes do ano provocam alteração na circulação, já que os vasos sanguíneos passam por uma vasodilatação para favorecer a transpiração e equilibrar a temperatura do organismo estável”.

O problema pode aumentar com o avançar dos trimestres, conforme explica a especialista: nos três primeiros meses “os hormônios já estão à flor da pele e existe um aumento importante da volemia (quantidade de sangue circulante no corpo), afinal temos que formar uma placenta. O aumento da progesterona pode causar uma flacidez das veias o que pode levar a inchaço, dor nas pernas, tonturas e sensação de queimação”.

Grávidas: médica dá dicas para evitar inchaço e varizes

Foto: depositphotos


No segundo trimestre, que vai dos quatro a seis meses, é o período mais tranquilo em relação ao incômodo e inchaço. “Costumo dizer que é a melhor fase da gestação: a barriga ainda não está muito grande, o corpo já se adaptou ao aumento da volemia e variação hormonal, enfim, três meses de relativo sossego. Nessa fase, só é comum a queixa de câimbras à noite”, explica a médica, Aline Lamaita.

Veia Cava

Quando a gestação atinge o último trimestre, o desconforto aumenta novamente por conta do tamanho da barriga que pressiona uma veia chamada Cava. “Isso prejudica terrivelmente o retorno do sangue das pernas e vai ser responsável por aquele pé pãozinho no final da gestação. Claro que quanto maior for o ganho de peso durante a gestação, mais sofrido será esse período. Apesar de termos essas diferenças entre as fases da gestação, tenho pacientes que terão manifestações gravíssimas, com piora das varizes, tromboflebites, trombose, e por outro lado, existem mulheres que vão passar uma gestação supertranquila, sem lembrar que o vascular existe”, ensina a cirurgiã vascular e angiologista.

Para evitar maiores problemas e dores, a profissional dá as seguintes dicas:

– Evite ganhar muito peso durante a gestação;
– Para evitar as temidas câimbras noturnas, faça alguns alongamentos nos membros inferiores;
– Beba muita água. Sempre. O líquido ajuda em todos os aspectos durante a gestação;
– Use meias elásticas;
– Durma do lado esquerdo. Essa posição libera a circulação das pernas e tira o peso do útero de cima da veia Cava;
– Se possível, pratique exercícios físicos;
– Faça sessões de drenagem linfática manual. Isso ajuda a diminuir o inchaço e evita a retenção de líquidos.

Lembre-se: todas essas recomendações devem ser confirmadas pelo seu médico obstetra. Jamais tome nenhum medicamento sem a orientação dele ou mude radicalmente de hábitos de vida durante o período gestacional. O mais importante é a sua saúde e do seu bebê.