Por Natália Petrin em 02/03/2016

Um grande dilema para muitas mulheres é a hora de ir ao ginecologista e fazer os exames chatinhos de rotina ginecológica que a maioria de nós conhece muito bem. Esse exame deve ser feito, pelo menos, uma vez ao ano, e é bastante comum que mulheres, principalmente as mais jovens, sintam-se envergonhadas de ir ao médico para este fim.

Além disso, não são só os exames que se apresentam como necessidade da mulher ir ao ginecologista, mas também para falar de sexo, dores, problemas sexuais e até mesmo menstruação e formas de prevenção da gravidez. Isso também pode deixar muitas mulheres constrangidas.

Algumas dizem que médicas mulheres são melhores, evitam constrangimentos. Outras, dizem que os homens ginecologistas são mais delicados, evitando que sintamos dor durante os exames. Mas, então qual escolher? O médico ou a médica?

Como escolher?

O primeiro passo para escolher é, certamente, pensar no nível de vergonha que você sente. Se sentir muita vergonha só de pensar nesse exame, procure uma médica mulher. Mas importante estar ciente de que isso não garante que será algo confortável para você. Se preferir, marque uma consulta para conhecer a médica e não para fazer o exame já de início. Faça o mesmo com um médico homem.

Depois das duas consultas, basta ver com quem sentiu-se mais confortável para falar sobre o assunto. Só então marque um retorno para realizar o exame.

Ginecologista: homem ou mulher? Saiba qual escolher

Foto: Pixabay

O importante mesmo é não ter preconceito. Um médico homem pode te deixar muito mais segura do que uma médica, e isso não tem absolutamente nada de errado. Ele é um médico profissional e, apesar da vergonha que sentimos, podemos ser bem atendidas, deixando o exame ginecológico de rotina um pouco menos incômodo.

Para facilitar um pouco, um pensamento: nós precisamos ir até o ginecologista uma vez ao ano, pelo menos. Por isso, para nós o exame é algo estranho. Mas para o médico, é rotina: ele está habituado a fazer o exame íntimo em muitas mulheres diariamente. Para ele, não passa de um procedimento médico normal.

Encontrando um médico ginecologista

A nossa indicação é que você sempre procure recomendações com as suas amigas da mesma idade, identificando alguém que tenha um perfil semelhante ao seu se sentiu à vontade com algum médico.

Você pode, também, com alguns nomes em mãos, procurar pela internet informações sobre o médico e conferir se o registro dele está regular. Confira se existem reclamações ou elogios relacionados ao nome deste profissional.

Veja mais!