Por Nayla Georgia em 26/04/2012

Toda mulher deseja ter um corpo tonificado e bonito, para isso usam de diferentes técnicas que ajudam a alcançar esse objetivo. Buscando membros inferiores durinhos, aparelhos como o elíptico, que simulam o movimento da corrida, auxiliam as mulheres a manter esses membros da forma que querem e ainda queimam grande quantidade de calorias.

Intercalar exercícios e descanso faz parte do treinamento na hora de trabalhar os músculos superiores e inferiores, também intercalar exercícios a outras modalidades esportivas tem um efeito positivo ao condicionamento. O elíptico junta tudo isso e ainda faz você emagrecer, manter pernas e bumbum torneados. A sua prática é similar ao movimento da corrida sem o impacto, pois os membros realizam um movimento de elipse, sem impactar no chão, devido aos pedais que se encaixam nos pés e os induzem a um movimento que dá sensação de que se está flutuando.

Elíptico

Descubra quanto você pode emagrecer com 1 h neste aparelho | Imagem: Reprodução

Atenção!

O elíptico pode ser um ótimo complemento para exercícios de membros inferiores e superiores, mas não é um substituto de todos os outros. Deve ser usado em carga intermediária com cautela para não sobrecarregar a musculatura.

Elíptico – aliado para quem deseja emagrecer

O aparelho pode ser encontrado no mercado ou nas academias. Alguns modelos possuem barras laterais, com as quais é possível treinar corretamente o movimento dos braços durante a corrida (paralelo ao corpo com cotovelos em ângulo de 90°). Os joelhos devem sempre apontar para frente e a coluna reta, lembrando que o quadril deve ser corretamente encaixado, sem empinar para trás ou cair para frente. O elíptico minimiza o impacto com o solo e isso é benéfico à saúde, pois preserva o sistema osteo-articular e auxilia na manutenção do condicionamento cardiovascular. Por ser um exercício aeróbico, a queima calórica pode ir de 600 a 900 calorias para uma hora de treino. As sessões devem ter intensidade inferior à do treino de corrida.

Cuidados a tomar com o aparelho

  • Os joelhos devem sempre apontar para frente durante o treino;
  • Mantenha os calcanhares sempre apoiados no pedal. Apoiar-se nas pontas dos pés pode vir a comprometer os joelhos;
  • A coluna deve se manter ereta;
  • Para que o treino não seja muito monótono, trabalhe com intervalos, cargas e velocidades diferentes;
  • Não pegue muito pesado no treino, vá com calma;
  • Interrompa o exercício em qualquer sinal de cansaço ou dores.

Veja mais!