Por Débora Silva em 03/08/2014

Junto com a gravidez, vêm também as dúvidas relacionadas à alimentação das mamães, que precisam consumir os nutrientes essenciais para a sua saúde e a do bebê. Se você nunca foi de se preocupar com a alimentação, agora é necessário pensar em fazer refeições mais equilibradas e saudáveis, limitando a quantidade de fast food, guloseimas e outras comidas que têm muitas calorias e poucos nutrientes.

Dieta para grávidas - O que comer e o que evitar na gestação

Foto: Reprodução

Alimentos sempre presentes

A alimentação é fundamental durante a gravidez e comer bem significa ingerir os nutrientes necessários. Veja alguns deles a seguir:

  • Cálcio: Este mineral é importante na formação dos ossos do bebê, além de auxiliar na manutenção da estrutura óssea da mamãe. Alguns dos alimentos fonte de cálcio são os seguintes: iogurte, leite, ricota, couve, semente de girassol, semente de linhaça, gergelim, cottage, dentre outros;
  • Vitamina C: Ajuda na absorção do ferro. É encontrada nos vegetais folhosos e nas frutas cítricas (acerola, laranja, limão);
  • Fibras: A ingestão de fibras ajuda o intestino a funcionar melhor, o que é muito bom para as gestantes, já que o intestino costuma ficar mais lento. As fontes de fibras são os alimentos integrais (cereais, pão, massa, arroz), frutas com casca e bagaço, verduras e legumes crus;
  • Ácido fólico: Tem ação na formação do tubo neural do bebê. É encontrado em vegetais verde-escuros (couve, brócolis, espinafre), cereais, miúdos feijão-branco e legumes e frutas cítricas;
  • Vitamina D: Atua no aproveitamento de cálcio pelo organismo. É encontrada no leite, fígado, atum, salmão, sardinha e manteiga. O banho de sol é indispensável para que esta vitamina ajude na fixação do cálcio nos ossos;
  • Ferro: Este mineral previne a anemia. Carnes vermelhas, gema de ovo, frutas secas, miúdo e fígado são algumas das fontes de ferro;
  • Líquidos: A ingestão de líquidos é essencial para o bom funcionamento do organismo. O recomendado é ingerir de 2 a 3 litros de líquidos, principalmente de água, ao dia.

É melhor evitar

As gestantes podem comer quase tudo, mas devem evitar alguns alimentos, dentre os quais podemos citar os seguintes:

  • Peixes, frutos do mar e carnes cruas;
  • Gema de ovo malcozida;
  • Café;
  • Álcool;
  • Adoçantes com aspartame, ciclamato e sacarose (os mais naturais, como frutose ou estévia, estão liberados);
  • Chás mate e preto;
  • Refrigerante à base de cola;
  • Sal e doces em excesso.

Veja mais!