Por Priscila Melo em 08/06/2015

A dieta low carb é a nova queridinha do momento. Ela é baseada na diminuição do consumo diário de carboidratos. Veja agora como essa dieta funciona, quais são os seus benefícios e os cuidados que devemos ter antes de começar a fazê-la.

Como funciona?

Para que as calorias que foram ingeridas se transformem em energia, o nosso corpo utiliza dois meios metabólicos. Em um desses, o carboidrato é utilizado e no outro, a gordura. Caso o corpo esteja saudável, esses dois caminhos são utilizados e, consequentemente, o corpo acaba queimando menos gordura. Mas se você passar a ingerir menos carboidratos, a obtenção de energia desta fonte passa a ser mais difícil e menor, então o corpo irá utilizar mais a queima da gordura para a produção de energia.

Reduzindo os carboidratos

A dieta low carb vem com o intuito de reduzir a quantidade de carboidratos que são ingeridos diariamente. Em uma alimentação convencional, é orientado que seja ingerido entre 50 a 55% de carboidrato por dia. Já nesta dieta a quantidade de consumo diário de carboidratos é reduzida e de acordo com o metabolismo e indicação de um nutricionista, o consumo fica entre 45 e 5% diariamente.

Mas é preciso ter bastante cuidado na redução desses carboidratos, quando o consumo diário fica abaixo dos 40%, a pessoa emagrece, mas não é algo saudável, pois pode haver consequências para a saúde. Portanto ela só deve ser feita com acompanhamento nutricional.

Dieta low carb - Menos carboidratos e mais gorduras

Foto: Reprodução

Os benefícios da dieta

A dieta low carb auxilia no emagrecimento saudável, pois sugere que a alimentação priorize os carboidratos de baixo índice glicêmico. Pois quando um carboidrato é ingerido, possui glicose que será utilizada para a obtenção de energia. Havendo excesso de glicose, esta é estocada em nosso corpo em forma de gordura. Caso ela seja utilizada antes da próxima refeição, não haverá ganho de peso. Mas para que o organismo consiga queimar essa gordura que ficou estocada é necessário liberar um hormônio que se chama glucagon, ele irá retirar a gordura estocada e transformá-la em energia. Com a dieta à base de carboidratos de baixo índice glicêmico, a produção de glucagon aumenta. Além de auxiliar na perda de peso, essa dieta é utilizada para corrigir distúrbios metabólicos, como a resistência à insulina. Entre os principais carboidratos que possuem baixo índice glicêmico temos a batata doce e o arroz integral.

Quais gorduras consumir?

Na dieta, o consumo de carboidratos diminui e o de gorduras aumenta, mas não é qualquer tipo de gordura. Deve-se consumir as gorduras boas, provenientes dos ácidos graxos. Seu nutricionista deverá criar um cardápio baseado nas necessidades do seu corpo, lembrando que cada organismo é único.

Veja mais!