Por Anna de Cássia em 31/10/2012

Prometendo a perda de até 10 kg em 10 dias, a dieta da noiva ou dieta da sonda é bastante drástica. Consiste em passar 10 dias ingerindo nenhum tipo de alimento sólido, apenas líquidos através de uma sonda. A dieta da noiva foi criada por um italiano em 2005 e só agora é que ela começou a popularizar-se pelo mundo. Na Inglaterra ela é receitada apenas para pessoas com obesidade mórbida, justamente por ser tão drástica. Nos Estados Unidos ela ficou conhecida entre as noivas que desejavam perder muito peso em pouco tempo para caber no vestido. Uma sessão desta dieta milagrosa custa em média R$ 1500,00.

Como funciona a dieta da noiva

Conheça a dieta da noiva

Foto: Reprodução

Uma sonda é colocada diretamente no estômago do paciente, entrando pelo nariz e passando pelo esôfago até chegar ao local desejado. Esta sonda é ligada a um motor que, ligado a uma bolsa contendo um shake, bombeia o líquido para dentro do estômago. Este shake que consiste em uma mistura de água, proteínas, vitaminas e outros nutrientes necessários para o funcionamento do nosso organismo. Ele vem em formato de pó, na cor branca e sem cheiro ou gosto algum, e o próprio paciente deverá misturá-lo com água – em uma quantidade indicada pelo médico – e reabastecer a bolsa da sonda durante todo o tratamento.

Este será o único alimento do paciente por 10 dias, ou seja, ele não poderá ingerir nada sólido durante o tratamento. Além do alimento líquido ingerido através da sonda, só é permitido beber água e chás, mas sem nenhum tipo de açúcar ou adoçante. Mas quem já fez a dieta garante que, mesmo não ingerindo alimento algum, não se sente fome. Pois a sonda está jogando nutrientes no estômago 24h por dia, fazendo com que ele esteja sempre trabalhando, e a sensação de fome não apareça.

Durante a dieta, o organismo chega a receber apenas 800 calorias por dia. Por não ingerir nenhuma forma de carboidratos ou gorduras, nutrientes necessários para a obtenção de energia, o organismo passa a buscar estes nutrientes no próprio corpo para transformá-lo em energia e poder continuar seu funcionamento normal. Daí vem a queima de gorduras tão rápida.

Os perigos de praticar este cardápio

  • Esta dieta mexe muito com o psicológico do paciente, podendo vir a desencadear compulsões. O fato de passar tantos dias sem comer pode acabar gerando ainda mais ansiedade pela comida, e quando a sonda for retirada a pessoa pode ganhar hábitos de comer compulsivamente.
  • A falta de carboidratos nesta dieta pode fazer com que o organismo libere substâncias tóxicas pelo corpo.
  • Pode vir a trazer problemas neurológicos, cardiovasculares e renais.
  • Além de queimar gordura com a dieta, o corpo também queima massa muscular, e isso pode tornar-se um problema sério futuramente.
  • Outros fatores como prisão de ventre e mau hálito também são notados durante o tratamento.
  • O Conselho Federal de Medicina ainda não aprovou a dieta como uma forma saudável de emagrecimento.

Por apresentar tantos riscos e complicações, a dieta da sonda é indicada apenas para pessoas que necessitam perder uma grande quantidade de peso por problemas de saúde, e não estéticos, e não conseguiram resultados anteriores com outras dietas. Segundo os médicos, por ser tão drástica ela deve ser vista como última opção para quem não consegue perder peso.

Dicas!

Após fazer esta dieta, não pode-se voltar ao mesmo hábito alimentar de antes, repleto de gorduras e carboidratos, pois assim os quilos perdidos podem voltar. É necessário fazer uma reeducação alimentar para manter o resultado adquirido com a sonda, praticar exercícios, ter uma dieta balanceada e uma vida saudável.

Veja mais!