Por Nayla Georgia em 08/10/2013

A novidade do momento para emagrecer é a Dieta do Cogumelo, que fez grande sucesso nos Estados Unidos e na Europa. Essa dieta também é uma das favoritas entre as famosas, Katy Perry, Roxanne Pallett e Kelly Osbourne são adeptas aos deliciosos cogumelos. Ela consiste, basicamente, na substituição de proteínas – carnes vermelhas, peixes, aves e ovos – de uma refeição por uma porção de cogumelos. A promessa é do M-Plan (plano do cogumelo, em inglês) é barriga sequinha sem pneuzinhos, pernas, braços e bumbum magrinhos sem diminuir o busto.

Dieta do cogumelo vira febre entre as estrelas

Foto: Reprodução

Como o cogumelo ajuda no emagrecimento?

Rico em vitaminas, proteínas e minerais, o cogumelo é uma excelente fonte de saúde. Ele ajuda na manutenção do sistema imunológico, do raciocínio e ainda cuida do tecido ósseo e muscular. O truque do cogumelo para o emagrecimento está na baixa quantidade de calorias (apenas 35 calorias em uma porção de 100 gramas) e nas fibras, que ajudam a regular o intestino e dá sensação de saciedade. Assim as refeições ao longo do dia serão menores e equilibradas.

Fazendo a dieta

Emagreça comendo cogumelos

Foto: Reprodução

Apesar de ser uma ótima fonte de saúde, os médicos recomendam que a dieta do cogumelo deve ser deita por, no máximo, duas semanas. Depois desse período é importante voltar a comer carnes por, pelo menos, dez dias antes de voltar à dieta. Para os nutricionistas, não é uma boa ideia se abster de carnes completamente, pois são as maiores fontes de proteínas e equilibram as refeições.

Para fazer a dieta, substitua em uma refeição a porção de proteínas por uma porção de cogumelos. Os indicados são: shiitake, shimeji, portobello, paris e morilles. Pergunte a seu nutricionista qual o melhor para o seu caso e siga a orientação do profissional. Dê preferência aos cogumelos mais naturais que encontrar no mercado, os em conserva podem não ser benéficos no processo de emagrecimento.

Shiitaque e Shimeji

Dois dos cogumelos indicados são bastante conhecidos por seus poderes medicinais. Eles estimulam o sistema imunológico, prevenindo casos de gripe, infecções e também previne o aparecimento de tumores cancerígenos. Outro ponto positivo é a proteção que esses alimentos trazem ao coração, prevenindo a hipertensão, colesterol ruim (LDL), enfarte e até o diabetes. Isso tudo ocorre por que o shiitake e o shimeji afinam o sangue.

Veja mais!