Por Natália Petrin em 05/05/2016

Presente no dia a dia de muitas mulheres, as chapinhas ajudam a deixar os cabelos mais lisos, e por isso conquistaram inúmeras adeptas (e também adeptos) de seu uso. Mas o que muita gente não sabe, ou sabe, mas ignora, é que a chapinha pode causar alguns danos aos fios. Vamos descobrir quais são?

Consequências do uso de chapinhas

Assim como qualquer outra fonte de calor, como secadores de cabelo e até mesmo a exposição de forma excessiva ao sol, podem trazer malefícios aos fios. Entre eles, está a retenção de umidade nos fios, que comprometem o brilho e o viço dos fios, além de fazer com que fiquem mais fracos, quebrando. Para que não haja danos o aparelho precisa estar em, no máximo, 190ºC, mas para fios mais finos e tingidos a temperatura é ainda menor.

Os fios, portanto, ficam mais ressecados, queimados e quebradiços, além de terem pontas duplas, ficarem sem brilho e terem um frizz excessivo. Além disso, se não usar proteção, os fios acabam queimando muito, por isso é preciso passar um leave-in termoativo, preferencialmente com silicone. Depois de fazer a chapinha, procure usar hidratantes que sejam a base de óleos, pois estes ajudam na reposição da água.

Imagem de mulher passando chapinha no cabelo

Foto: Depositphotos

Fique atenta aos sinais: quando o cabelo começar a ficar mais áspero, você deve dar mais atenção aos seus fios. Em alguns momentos, é possível até mesmo sentir o cheiro do cabelo queimado quando a temperatura está alta demais.

Erros na hora de usar a chapinha

Além do calor excessivo, outro erro bastante comum do uso da chapinha, é a temperatura baixa demais, que faz com que você tenha que passar mais de uma vez a prancha na mesma mecha, e isso aumenta o atrito e o calor. A pressa, desde sempre, é inimiga da perfeição: por isso tenha calma. Separe seus cabelos em mechas finas e passe em cada uma delas, no máximo três vezes.

Evite passar várias vezes a prancha na mesma região, pois isso pode acabar fazendo com que a oleosidade da raiz, por exemplo, se espalhe pelos fios e deixe-os opacos e pesados. Além disso, sempre se lembre: o protetor térmico deve ser usado sempre para ajudar a manter seus fios protegidos ao longo do tempo de uso da chapinha.

Sabemos que é tentador, mas você deve também evitar fazer prancha todos os dias, já que, mesmo na temperatura cera e com os cuidados necessários, isso vai acabar deixando os fios mais frágeis.

Veja mais!