Publicado por Ana Ligia

O final do ano é uma época de muitas festas e altas temperaturas. Nesse tempo é comum que algumas pessoas esqueçam das tarefas diárias para manter a saúde e beleza da pele.

Mas isso pode acabar sendo algo bastante perigoso. “No final do ano, alguns abusos na alimentação e fotoexposição podem causar danos na pele, principalmente comprometendo as fibras de colágeno e elastina — e isso pode resultar em rugas e flacidez precoce, além das manchas”, explica a farmacêutica Mika Yamaguchi.

Para evitar os danos, a especialista explica passo a passo do que fugir (e o que fazer).

Cuidados com a pele com a chegada das festas do final de ano

Foto: depositphotos

Excessos na alimentação

Os carboidratos e doces são grandes companheiros das festas de final de ano. Mas além disso, eles também são verdadeiros vilões, pois se transformam em açúcar no corpo.

“O açúcar em excesso liga-se as nossas proteínas, principalmente o colágeno; quando essa ligação ocorre, ela modifica a estrutura do colágeno que perde a sua configuração inicial. Este processo se chama glicação (são as proteínas cruzadas), que causa na pele rugas e amarelamento”, explica a farmacêutica.

A alimentação deve ser saudável e sem exageros calóricos. Para aqueles que não resistem ao doce, a solução da especialista para manter a saúde e elasticidade da pele é optar por ingredientes orais e tópicos com ação antiglicante.

“Nesse sentido, a suplementação com Glycoxil é eficiente. Ele é um peptídeo biomimético da carcinina que atua como antioxidante, antiglicante e desglicante, possuindo a capacidade de bloquear esse processo em que o açúcar excedente se liga às proteínas e ao colágeno principalmente. E também desliga o açúcar que se ligou ao colágeno revertendo o processo”, explica.

Bebidas

Para metabolizar o álcool que foi ingerido, o organismo busca água. Caso não haja suficiente em seu corpo, ele procura nos tecidos periféricos, ou seja, nos órgãos vitais. O efeito desse “roubo” é uma pele ressecada e sem brilho, propensa à descamação.

Além do ressecamento, rugas também podem surgir após um longo período de ingestão de álcool, pois a água no corpo e na pele é continuamente evaporada. A especialista alerta: “O ideal é consumir muita água, água de coco, isotônicos ou sucos naturais e apostar em ingredientes que mantenham um reservatório hídrico na pele, como o ácido hialurônico Hyaxel e DSH CN, que hidratam a pele em todas as suas camadas.”

Sol

A exposição solar é algo saudável e a melhor forma do organismo conseguir obter vitamina D. Mas é preciso ficar atento aos horários. Para que o bronzeamento não seja algo prejudicial, procure se expor ao sol antes das 9h e depois das 16h. E ainda assim, o uso do protetor solar e da hidratação são passos fundamentais.

Cuidados que ajudam

“Principalmente para quem vai viajar, a rotina de cuidados com a pele não pode ser esquecida: limpeza, tonificação, hidratação e fotoproteção são regras”, aconselha. Yamaguchi ressalta que uma boa noite de sono é de fundamental importância. “O ideal é que se tenha, pelo menos, seis horas seguidas de bom sono, diariamente. Mantenha o seu quarto fresco, escuro e confortável”, explica.

Veja mais!