Por Daiane Silva em 25/08/2011

Na gravidez, além do corpo e do humor, os cabelos também sofrem alterações significativas por causa da “enxurrada” de hormônios. E são tantas que até a estrutura dos fios muda em algumas, como os que são crespos ficam mais lisos e os lisos mais encorpados, mais ondulados. Também em alguns casos, se tornam oleosos, ou ressecados demais. Não é uma coisa comum a queda de cabelos durante a gravidez, mas, após algum tempo do parto, também pela mudança hormonal, há um período de queda intensa. Pensando em tudo isso, as grávidas devem avaliar como está seu cabelo e optar por mantê-los de maneira que fiquem bonitos e práticos, mas sem radicalizar demais, já que as alterações hormonais influenciam sobremaneira o humor e fazem com que se mude de ideia constantemente.

Cabelos na altura dos ombros, perfeitos para se fazer tranças e coques

Há alguns cortes de cabelos que favorecem as gestantes porque ajudam a disfarçar o inchaço que costuma arredondar o rosto e também dão certa leveza aos fios. Veja algumas sugestões de cortes e escolha o que vai deixá-la bem charmosa.

Levemente repicados

Esse tipo de corte, além de dar leveza aos fios, reduzindo o volume, também disfarça o rosto inchado; pode ser feito tanto em cabelos longos quanto nos curtos;

Cabelos curtos

A praticidade torna-se prioridade para muitas no período de gravidez, já que, em alguns casos, a grávida não se sente disposta para ficar cuidando de uma longa e trabalhosa cabeleira e opta por cortar as madeixas bem curtas, já pensando em quando tiver o bebê para cuidar. Não é uma má ideia, desde que seu rosto seja do tipo que combine com um corte que o evidencia, mas lembre-se que mudar radicalmente pode não ser a melhor opção, pela já mencionada instabilidade emocional que faz com que se mude de opinião. O melhor é ir diminuindo o comprimento aos poucos, para que a adaptação seja mais fácil.

Cabelos nos ombros

Este comprimento é considerado o ideal, já que permite que se faça diversos penteados:

  • como rabo de cavalo
  •  tranças
  • coques, etc.

Assim, torna-se prático e pode-se até disfarçar a oleosidade excessiva, se for o caso, com um penteado. Mas é importante que não se use franja, principalmente curta, pois é difícil de manter, exige idas frequentes ao cabeleireiro.

Quanto aos tingimentos de fios, principalmente nos três primeiros meses não são aconselháveis. Durante a gravidez as tintas são proibidas, pois contém amônia e metais pesados que podem penetrar pelo couro cabeludo e causar deformações no feto ou até aborto. Se quiser mudar a cor, opte por henna ou xampus tonalizantes sem amônia. Preste atenção às instruções na embalagem e faça sempre o teste de alergia antes de usar um produto pela primeira vez.

Veja algumas fotos de cabelos que ficam muito bem em grávidas

Apresentadora Eliana, corte tipo Chanel

Corte de cabelo na altura dos ombros

Corte de cabelo na altura dos ombros

Veja mais!