Por Nayla Georgia em 13/06/2012

Quem pinta os cabelos sabe que a escolha deve ser pensada e repensada, pois o cabelo passará a nossa primeira impressão. Seja por motivos de estilo ou para esconder alguns fios brancos, as tinturas vêm aparecendo cada vez mais vai cheias de tecnologias no mercado para agradar e atrair novas consumidoras. Cores únicas e com reflexos podem ser encontradas em uma única embalagem que promete resultado imediato e eficiente. Mas o que importa mais na hora de tingir os cabelos é como a pessoa irá se sentir ao mudar o estilo, além das outras influências como a tonalidade da pele, tipo de cabelo e ambiente de trabalho. As tintas vêm com uma numeração e é nelas que devemos prestar atenção.

As numerações – Como funcionam?

Mulher pintando os cabelos

Detalhes sobre tons e numerações das tintas de cabelos | Imagem: Reprodução

Em todo kit de tintura existe uma numeração técnica reconhecida mundialmente. O primeiro número se refere ao tom de base e os números seguintes depois da vírgula correspondem à matriz, reflexos ou nuance. Quando o número de tom base for seguido de zero indica que é a cor natural e neutra, sem outras cores de influência. Se os números seguintes à vírgula se repetirem, por exemplo, 7,44, quer dizer que os reflexos são duplos e mais intensos. Ao falar em reflexos, basta pensar que as cores que serão selecionadas depois da vírgula vão aparecer com o movimento dos fios e principalmente no contato com a luz solar. No caso dos cabelos brancos, se fizer opção por reflexos sempre coloque ½ da mistura de cor pura, assim irá se assegurar da cobertura total dos fios brancos.

Numerações puras

  1. Preto profundo
  2. Preto natural
  3. Castanho escuro
  4. Castanho médio
  5. Castanho claro
  6. Loiro escuro
  7. Loiro médio
  8. Loiro claro
  9. Loiro muito claro
  10. Loiro claríssimo

Reflexos

  1. Natural
  2. Acinzentado
  3. Violeta ou azulado
  4. Dourado
  5. Acobreado
  6. Acaju
  7. Vermelho
  8. Marrom ou chocolate

Dicas importantes a levar em consideração

  • Nunca escureça mais de dois tons ou clareie em casa se não tiver experiência com descoloração e colorimetria.
  • Ao retocar as raízes faça a aplicação apenas na região do crescimento, deixando as pontas para serem tingidas passados 10 minutos. Assim evitará o acúmulo de pigmentos na parte mais porosa dos fios, ou seja, as pontas.
  • Se o tom da cor base for escuro aplique antes um creme protetor na pele para que as manchas sejam evitadas.
  • Os tons acinzentados causam a sensação que o reflexo é mais escuro que a verdadeira base. Já os tons dourados deixam a sensação de que a base é 1 tom mais clara. Os reflexos vermelhos aparentam ½ tom mais claro que a base original.
  • Cabelos curtos precisam apenas de um kit para tingir em casa. Os cabelos médios e volumosos requerem 2 kits. Para as madeixas longas 3 kits são necessários.
  • Sempre é bom lembrar que a cor aparente na caixa da tintura é alterada em programas de edição e não são o resultado final que os seus fios irão ter.
  • Por fim, tintura não clareia tintura!

Veja mais!