Por Natália Petrin em 01/12/2014

O calor típico do final de ano já chegou e muita gente está doida para que cheguem os recessos para ir à praia e pegar aquele bronze maravilhoso. O problema é quando a gente não pode ficar muito tempo na praia e já tem que voltar ao trabalho. Nisso, algumas pessoas acabam se expondo ao sol em horários inapropriados e prejudicando a saúde de sua pele. Mas você sabia que existem dicas naturais que podem ajudar você a pegar um bronze mais rápido? E isso apenas inserindo alguns alimentos na sua rotina diária. Confira!

Cor nesse verão - Os alimentos que ajudam no bronze

Foto: Reprodução

Quais são esses alimentos?

Alguns alimentos como o mamão, o damasco, a acerola, a abóbora, o espinafre, o brócolis, a couve, a água de coco, a cenoura, a manga, a laranja, as oleaginosas, a batata doce, o gérmen de trigo, o pimentão e o tomate devem ser inseridos na alimentação de quem pretende se expor ao sol para pegar um bronze. Isso por serem ricos em vitamina A e betacaroteno que além de ajudar a acelerar e prolongar o bronze da pele, protege e combate o aparecimento de rugas na pele. Não é ótimo?

Alimentos que são ricos em antioxidantes e vitamina E também são aliados dos amantes do sol. Estes ajudam a manter e proteger o bronze, prevenir o envelhecimento precoce da pele, manchas e doenças, como o câncer de pele, por exemplo, que podem ser causadas pelos raios ultravioletas.

Como consumir?

A cenoura e o tomate, por exemplo, quando cozidos absorvem calor e isso intensifica os seus nutrientes pró-bronzeado, turbinando ainda mais a sua cor de verão. Você pode preparar no vapor para que, além destes benefícios, possa aproveitar muitos outros sem que o alimento perca suas propriedades.

Esses alimentos podem ser inseridos em saladas, sucos, pratos principais das refeições e como a sua imaginação permitir. Você deve começar a ingestão diária aproximadamente um mês antes de se expor ao sol, certo? Com isso, seu corpo terá tempo de absorver os nutrientes e preparar-se para conseguir captar apenas as coisas boas que o sol tem para oferecer.

O ideal é consumir duas porções diárias de alimentos amarelo-alaranjados e algumas folhas verde-escuras que estimulam a produção de melanina pelo corpo. Mas atenção: o exagero no consumo também será prejudicial, portanto lembre-se sempre de se informar a respeito com um médico.

Veja mais!