Por Lilian Druzian em 14/12/2011

O barbatimão tem propriedades antifúngica, antiinflamatória, antibacteriana, cicatrizante etc., além dos usos medicinais, também tem sua madeira usada na construção civil; no curtume de couro, utilizado-se os taninos da casca. E, na produção de sabão, substituindo a soda cáustica. A árvore sempre foi muito utilizada por prostitutas, já que é excelente para tratamento de corrimentos vaginais e outros problemas ligados à sexualidade. O nome da planta vem  de uma expressão indígena que significa “a árvore que aperta”.

Barbatimão

(NOMES POPULARES: barba-de-timan; casca-da-mocidade; casca-da-virgindade, entre outros)

Com o barbatimão também fabricam sabonetes medicinais, muito úteis para tratar a psoríase e outras doenças de pele e sua casca produz matéria para tintura, usada principalmente pelos índios.

Indicações do barbatimão

  • antibacteriano;
  • depurativo;
  • coagulante sanguíneo;
  • antidiarreico;
  • anti-hemorrágico;
  • combate diabete;
  • antisséptico;
  • câncer, etc.

MODOS DE USO

EXTERNO: pó das cascas aplicadas sobre o local – Serve para: Gengivites; Hemorróidas; Leucorreia; Tratamentos de feridas; Gonorreia; Candidíase; Infecções vaginais.

INTERNO: chás das folhas são utilizados para tratamentos de problemas estomacais, por exemplo.

Contra-indicações do seu uso

  • Estudos mostram que o uso prolongado da tintura pode causar problemas de saúde;
  • A casca não tem contra-indicação, mas as sementes e vagens, não devem ser usadas por gestantes;
  • Os extratos e infusões de barbatimão ingeridos por longo período ou em excesso, podem levar à irritação gástrica.

Veja mais!