Por Ana Ligia em 23/09/2016

As varizes são veias dilatadas e retorcidas que incomoda muito quem as possui. Genética, idade e sexo são os principais fatores de risco para o desenvolvimento delas. Mas há outros agentes que ocasionam as varizes. Saiba como evitar.

A cirurgiã vascular e angiologista, Aline Lamaita, destaca que as mulheres estão mais propícias a desenvolverem as varizes. “Isso ocorre por influência hormonal, já que têm as veias mais flácidas que os homens”, explica.

Porém, há alguns hábitos do cotidiano que ajudam a agravar essa situação, como gravidez, obesidade, passar muito tempo em pé ou com as pernas cruzadas. Todos esses comportamentos acabam comprometendo a circulação e possibilitam o surgimento das varizes.

Conheça os mitos e verdades sobre o aparecimento das varizes

Foto: depositphotos

Outros comportamentos ajudam a deixar nosso corpo mais propício ao surgimento dos vasinhos dilatados, como o uso de anticoncepcionais.

“Além dele ser um agravante, o anticoncepcional aumenta a incidência de tromboflebite (inflamação da veia com formação de coágulo). Por conta do estrogênio, o método contraceptivo oral também aumenta o número de varizes”, comenta.

Existem também mitos que giram em torno do tema, como o fato de usar salto alto, se depilar com cera quente, musculação ou subir escadas. Algumas pessoas costumam dizer que esses hábitos poderiam ocasionar varizes. Mas tudo não passa de especulações que nunca foram comprovadas cientificamente.

Quando devo procurar um médico

Dependendo do grau das varizes, elas precisam de um acompanhamento médico mais de perto. “Cada caso requer um tipo de tratamento, que pode ser por meio da escleroterapia (substância química injetada dentro da veia), uso de lasers e radiofrequências, procedimentos que combinem as técnicas ou até mesmo cirurgias”, explica a médica.

Veja mais!