Por Natália Petrin em 23/09/2015

Que o pilates é bom para a saúde física e mental, todas nós já sabemos, mas você já ouviu falar em neopilates? Trata-se de uma modalidade apresentada oficialmente em 2010 e que vem conquistando espaço entre mulheres e homens de todas as idades, assim como o pilates conquistou. Algumas famosas, inclusive, como Preta Gil, Gisele Bündchen, Isis Valverde, Juliana Knust, Larissa Maciel e muitas outras já são adeptas fervorosas do neopilates.

O que é?

Essa técnica de condicionamento físico e mental, segundo Amanda Braz, fisioterapeuta e mestre em Neurociências e criadora desse método, é uma modernização do pilates usando conceitos mais atuais como o treinamento funcional, atividades circenses e lúdicas, entre outros, junto aos conceitos do pilates tradicional.

Conheça a surpreendente técnica do neopilates

Foto: Reprodução/ YouTube

Benefícios do neopilates

O neopilates ajuda, assim como o pilates, a melhorar a postura, a aumentar a flexibilidade, no fortalecimento muscular e na consciência corporal, além de melhorar a execução dos movimentos do dia-a-dia, a aprimorar o desempenho em outros esportes, a alavancar a agilidade, a promover mais equilíbrio, a estimular o emagrecimento – gastando cerca de 500 cal/h – e ainda impulsionando o aumento da autoestima e da autoconfiança.

Diferenças

A principal diferença do pilates e o neopilates consiste na instabilidade das bases que acaba movendo mais fibras musculares e, consequentemente, gastando mais calorias. São usados alguns equipamentos inéditos no Brasil, seguindo tendências mundiais, com o objetivo de potencializar os benefícios conhecidos pelo pilates.

O objetivo principal, segundo a autora, é mostrar que é possível fazer atividades físicas de forma prazerosa, independentemente de desejar boa forma física ou em prol de reabilitação.

Quem pode fazer?

Segundo a criadora da nova técnica, qualquer pessoa pode praticar o neopilates, pois os exercícios são prescritos de forma individualizada, se adequando a cada indivíduo. Desde crianças até idosos, os exercícios podem ser praticados por qualquer ser humano, porém, é importante fazer uma avaliação física e postural, apesar de não haverem contraindicações.

É importante também que gestantes, cardiopatas, hipertensos, diabéticos, entre outros pacientes que possuem problemas de saúde, consultem orientação médica e liberação clínica antes de começar a frequentar as aulas dessa técnica.

Como são as aulas

As aulas devem ter, no máximo, três alunos, pois são ministradas em estúdios, e é preciso haver um acompanhamento bem próximo do professor, para que os movimentos sejam controlados. Cada aula dura, em média, uma hora, e o tempo é dividido em partes: aquecimento, alongamento e exercícios lúdicos.

Alguns exercícios exigem a interação entre os alunos, apesar de serem poucos, pois essa parte do treino é importante para que seja exercitada a autoestima e a autoconfiança.

Confira vídeo explicativo sobre o neopilates:

Veja mais!