Por Nayla Georgia em 27/09/2012

Na busca por um corpo jovem e com tudo em cima, surge a Dieta sem Glúten, mais uma para a enorme lista de dietas eficientes.

O glúten é uma proteína que pode ser encontrada em cereais, como o trigo, o centeio, malte, cevada e aveia. É possível encontrar nos pães, massas, cerveja, uísque, ovomaltine e vários outros produtos industrializados. Mesmo sendo, por um lado, inofensivo para a maioria das pessoas, o glúten é um grande inimigo das pessoas alérgicas, que sofrem até mesmo com lesões na pele. Não é muito importante ter esta proteína no organismo, pois ela nem chega a ter todos os aminoácidos necessários para o corpo, por isso a melhor escolha em termo de proteínas é a carne, o leite e o ovo.

Dieta do glúten

Foto: Reprodução

Doenças que podem ser causadas pelo glúten

Parece inofensivo, mas o glúten já causou várias vítimas no planeta. Ele pode dar reações alérgicas, ocasionar lesões na derme, reduzir a produção da serotonina – hormônio da alegria – e até em casos extremos, chamados de celíaca, para aqueles hipersensíveis ao glúten, onde as paredes do intestino sofrem com algumas alterações e o organismo fica sempre prejudicado ao entrar em contato com essa proteína.

Conhecendo os alimentos que contêm ou não o glúten

Contêm

  • Amido modificado, amido de alimento, amido gelatinizado ou amido vegetal;
  • Aveia, cevada pérola, centeio, trigo alemão, cevada, trigo sarraceno;
  • Cereais de trigo, cevada, aveia, trigo alemão, centeio e triguilho;
  • Extrato de malte, sabor de malte, vinagre de malte ou malte de arroz;
  • Massas, como talharim com ovos, semolina, semolina de centeio, talharim soba, etc.;
  • Farelo de trigo, gérmen de trigo, glúten de trigo, aveia de trigo, trigo em casca, amido de trigo, massa de trigo, bagas de trigo, bagas de trigo integral ou trigo duro;
  • Farinhas de trigo comum, de cevada, de rosca, de bolo, de aveia, integral, farinha rica em proteína, farinha de semolina, de gérmen de trigo ou branqueada por fermentação.

Não contêm

  • Arroz
  • Farinhas de milho, arroz, batata, mandioca, amido de batata ou soja
  • Fubá
  • Milho
  • Sementes de girassol
  • Semente de linhaça
  • Quinoa
  • Soja

Vale à pena recordar!

No Brasil há uma lei que obriga as indústrias alimentícias a informarem em seus rótulos dos produtos caso eles contenham ou não o glúten. Vale procurar direitinho nas embalagens para se certificar que o que está sendo ingerido não tenha alguma ligação com a tal proteína.

Veja mais!