Por Gabriel Oliveira em 29/07/2011

Anos 50

Nessa década, a principal regra era a feminilidade, principalmente em um período pós-guerra. Foi nessa época que surgiu o New Look de Christian Dior, que marcou a silhueta da época: saias godês e cintura marcada.

Hoje: Nos dias de hoje ainda são usadas várias peças inspiradas nos anos de 1950. Pode-se, por exemplo, abusar da feminilidade e das peças românticas, usando saias evasês, blazers, principalmente na cor branca e tops decotados. Já se você gosta de quebrar esse excesso de doçura e feminilidade, a dica é usar golas polo ou até cintos de couro largo.

Gisele Bundchen vestindo uma releitura do New Look de Dior para os dias atuais

Anos 60

Essa foi a década onde os elementos marcantes eram as cores primárias do Pop Art e o futurismo aplicado nas roupas, principalmente na alfaiataria. Era um ponto alto o vestido tubinho e saias bem curtinhas, os quais davam um ar ousado na época.

Hoje: Podemos nos inspirar na década de 1960 usando estampas gráficas e listras em preto e branco que remetam ao futurismo apresentado na época. É interessante também ousar nos comprimentos, focando sempre no micro. Assim como nos anos 50, há destaque na cintura marcada, então, tirem do baú aqueles seus cintos fininhos. Aposte também no look pin-up, combinando spencers com saias curtinhas.

Anos 70

Estilo Pin Up

Foi uma das épocas mais ricas em estilo e cultura. De um lado, existia o movimento anti-moda dos Hippies (que mal sabiam eles, alguns anos depois viraria moda) e do outro, o glamour do estilo Disco. Nessa década as mulheres deixaram um pouco de lado a feminilidade e começaram a se inspirar no guarda roupa masculino, levantando a cintura das calças e alargando suas bocas.

Hoje: Um dos looks dos anos 70 que fazem bastante sucesso nos dias atuais é o terno branco, o look popularizado por John Travolta no filme Saturday Night Fever. Use-o sem camisa e ao invés de cinto, você pode usar uma faixa brilhante. Nas cores, abuse dos tons neutros. Um ponto alto é o uso do ombré, um efeito que substitui o tié-dye, dando um ar de elegância. Abuse dos vestidos longos e das sandálias rasteiras. Para as baixinhas a dica são as anabelas.

Louis Vuitton, com tendência 1950

Desfile Dior, com tendência 1960

Maria Bonita Extra, com tendência 1970

Veja mais!