Publicado por Ana Ligia

Quando vamos comprar uma roupa, muita coisa deve ser avaliada antes de escolhermos qual peça iremos levar para casa. Saber escolher bem o que vestir é uma questão de autoconhecimento que garante um guarda-roupa repleto de peças bonitas que não serão rapidamente esquecidas.

Que atire a primeira pedra quem nunca passou pela situação de encontrar uma roupa em um manequim exposto ou em foto de revista, levar para a casa, não gostar da roupa ao vestir e descartar completamente o uso dela.

Segundo a ex-modelo, especialista em consultoria de estilo, organização de closets e malas de viagem, Giselle Loyola, nem tudo que está na vitrine ou revista necessariamente vai lhe cair bem.

“Uma boa peça é, antes de tudo, corte e caimento, ou seja, é preciso também escolher pela qualidade do que se vai comprar e investir em básicos duráveis. Mas, nem por isso, dá para comprar sem experimentar e conferir como a roupa fica no corpo. Escolher o que me cai bem é sempre um mix de autoconhecimento e um olhar apurado de moda”, explica a especialista.

Como faço para saber o que me cai bem para vestir

Foto: depositphotos

Como escolher a roupa certa

Na hora de efetuar a compra de uma roupa ou fazer aquela “limpeza geral” em alguns itens do guarda-roupa, existem coisas que devem ser levadas em consideração, como o dia a dia da pessoa, tipo de corpo e gostos e estilo pessoais.

“É normal termos no guarda roupa peças que nunca foram usadas, exatamente porque não levaram esses fatores em conta”, explica Giselle.

A especialista revela que saber reconhecer o próprio estilo de corpo e roupa também são maneiras de empoderamento pessoal. “Não é para ficar pensando que não pode usar o mesmo look da capa da revista ou da vitrine da loja preferida. É para entender que dá para adaptar aquele look e fazer dele um diferente, todo seu, que tem sua marca e personalidade”, finaliza.

Veja mais!