Por Lilian Druzian em 06/12/2011

A catapora, doença bastante comum na infância, que atualmente já possui vacinação para ser evitada, é causada pelo vírus Varicela Zoster, que, uma vez infectando o organismo, imuniza a pessoa pelo resto da vida, mas permanece no organismo e pode provocar, no futuro, uma manifestação chamada de herpes-zoster, ou cobreiro.

Quais os sintomas da doença?

A catapora apresenta sintomas iniciais que podem ser confundidos com dezenas de outras doenças:

  • febre (entre 37,5­ e 39,5 graus);
  • mal-estar;
  • dor de cabeça;
  • inapetência;
  • cansaço.

Catapora

Após as 24 ou 48 horas iniciais, surgem as lesões avermelhadas que se transformam em bolhas, que podem surgir aos poucos, podem ser poucas ou muitas, ou ainda, há pessoas que tem apenas uma bolha. Essas bolhas cheias de líquido, ao secarem, deixam em seu lugar crostas que coçam demais!

Após sete ou dez dias, a recuperação costuma ser completa.

Como ocorre a transmissão da catapora?

É uma doença altamente contagiosa e a transmissão costuma ocorrer quando há contato com o líquido das bolhas ou, com as secreções respiratórias ou saliva de alguém infectado.

Quais são os tratamentos possíveis para catapora?

Sendo uma doença causada por vírus, ela tem um certo ciclo, portanto, não há muito a fazer no sentido de cura, apenas para aliviar os sintomas, o desconforto causado pelas feridas que coçam muito.

Também muito importante nos casos de catapora, é evitar que as lesões sejam infectadas por bactérias, para não agravar o caso. Por isso, uma das principais medidas é não coçar as feridas.

Não coçar também evita que as crostas sejam arrancadas, o que causa uma cicatriz permanente na pele.

Enquanto houver febre e mal-estar, o paciente deve ficar em repouso, bebendo muito líquido e se alimentando de forma leve.

Também são bem-vindos cremes e pomadas específicos, normalmente com formulação calmante e refrescante, para aliviar a coceira. Assim também é possível preparar compressas ou emplastros caseiros para esse mesmo fim.

Conheça algumas receitas naturais para tratar a coceira

+ Faça a decocção (cozinhe) de 1 colher de sopa de flores de sabugueiro; 1 colher de sopa de camomila; 1 colher de raiz de salsa em 3 xícaras de água. Deixe ferver por alguns minutos, abafe e deixe amornar, tomando de três a quatro xícaras ao dia, entre as refeições.

+ Prepare um banho de imersão com aveia. Numa banheira de água morna, quase fria, coloque duas ou três colheres de sopa de aveia e fique imerso por meia hora. Seque-se sem esfregar a toalha. A aveia tem propriedades calmantes e cicatrizantes e ajuda a aliviar a coceira.

Veja mais!