Por Ana Ligia em 19/10/2016

Maquiar-se realmente não é algo tão fácil quando se imagina. Já não basta as dúvidas que surgem a respeito da base, corretivo, cores de cada um ou qual vem primeiro, ainda existem as diversas ferramentas na hora de aplicar cada um desses cosméticos.

“Pincel, esponja ou uso os próprios dedos?” Essa é a grande dúvida de muitas pessoas na hora de aplicar a base e/ou o corretivo.

A verdade é que não existe o certo ou errado. Cada uma dessas ferramentas possui um propósito e resultado diferente na maquiagem.

Como devo aplicar base: com dedos, pincel ou esponja?

Foto: depositphotos

Espalhar maquiagem com esponja

As esponjas, principalmente aquelas em formato de gota, são usadas para as pessoas que querem alcançar todos os cantinhos do rosto e obter uma cobertura fina e natural.

A esponja serve mais para tirar o excesso da base e do pó do que para ser usada como ferramenta de aplicação da maquiagem. Por isso, o mais indicado são as esponjas que têm como material o látex, que são as que menos absorvem a base, evitando o desperdício.

A esponja também é ótima para quem deseja espalhar a base mais escura na hora de fazer um contorno no rosto, dando um aspecto esfumado.

Quando devo usar o pincel na maquiagem

O pincel tem o poder de espalhar e distribuir muito bem a base na pele. Ele também é o mais indicado na hora de aplicar o pó compacto.

Na hora da aplicação, espalhe o produto em movimentos circulares de dentro para fora do rosto. Coloque a base na mão e vá molhando o pincel no produto e aplicando no rosto. Comece pela testa, depois nariz e bochechas.

É importante lavar os pincéis regularmente para ajudar no tempo de vida deles.

Posso usar os dedos para aplicar base e corretivo?

Os dedos não são o mais indicado para se espalhar a base e o corretivo, pois eles não espalham bem e nem alcançam os lugares mais difíceis.

Use os dedos para aplicar BB cream líquidos ou filtros solares. Mas antes de espalhar o produto com as próprias mãos, certifique-se que elas estão limpas e livres de gorduras e oleosidades.

Veja mais!