Por Nayla Georgia em 14/05/2012

Cultivada em diversos cantos do mundo, em especial na América do Sul, a goiaba é uma fruta muito rica em nutrientes que trazem benefícios à nossa saúde. Sem mencionar seus poderes emagrecedores e sabor delicioso.

A goiabeira, árvore da goiaba, pode chegar a medir 7 metros de altura e a polpa da fruta varia entre o branco, o amarelo, rosa e vermelho, cada um com propriedades um pouco diferenciadas. A branca tem mais vitamina C, já a vermelha é rica em licopeno, substância que previne o câncer e problemas cardiovasculares. A deliciosa fruta pode ser consumida de diversas formas: geleia, doce em compotas, sucos, sorvetes ou simplesmente a fruta natural. A melhor forma de aproveitar suas propriedades é comendo a fruta natural ou em suco (prefira os feitos com a própria goiaba e não a polpa, pois estes contêm conservantes).

O cultivo da goiaba

Goiaba

Imagem: Reprodução

O Brasil é o maior produtor mundial de goiabas vermelhas. Ainda em território brasileiro, a goiabeira é plantada em maior escala no estado de São Paulo, que é o que mais produz o fruto, seguido da região Nordeste, que cultiva mais em torno do Rio São Francisco, nas cidades de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA). A planta também é cultivada em larga escala na China, México e Índia. Deve-se tomar cuidado quanto à compra das goiabas, pois ela está no topo da lista de contaminação por agrotóxicos. Prefira as versões orgânicas da fruta, que são cultivadas sem o acréscimo de substâncias químicas, portanto, mais saudáveis.

Composição

Fruta rica em cálcio, fósforo, potássio e vitaminas A, B1, B2, B6 e, principalmente, C. A goiaba ainda é fonte de peticina (uma fibra dietética) e contém grandes quantidades de fotoquímicos (fenóis, taninas, triterpenes, flavonoides, lectinas, carotenoides e óleos essenciais). As folhas são ricas em flavonoides e quercetina, que tem função antibacteriana e é indicada em casos de diarreia.

Indicações e benéficos

  • Emagrece: a goiaba é pobre em calorias (a fruta branca tem apenas 52 calorias a cada 100 gramas, já a vermelha tem 54 calorias), além de possuir grande quantidade de fibras em sua composição, o que prolonga a saciedade e regula o intestino.
  • Previne a diabetes: foi comprovado que 25% da glicose no sangue é reduzida, tanto a polpa do fruto quanto as folhas podem ser usadas com esse propósito.
  • Baixa o colesterol: neste caso a melhor fruta é aquela com polpa vermelha, pois é rica em fibras solúveis e licopeno, que impedem a absorção de gordura, ajudando a eliminar o mau colesterol, triglicerídeos e aliviando a tensão arterial.
  • É antibacteriana: suas folhas possuem propriedades antibactérias, inclusive a salmonela.
  • Problemas intestinais: a infusão das folhas da goiabeira é uma grande aliada na hora de aliviar a diarreia. Além do chá das folhas, pode ser feito um caldo que é também eficiente: basta cozinhar a goiaba verde e tomar o caldo.
  • Hemorragia uterina e incontinência urinária: para esses problemas, é indicado o chá das folhas e brotos da goiabeira.

Outras doenças beneficiadas com o uso da goiabeira:

Veja mais!