Por Nayla Georgia em 23/05/2014

Se tem um item indispensável na nécessaire feminina é o rímel, afinal longos e curvos cílios abrem e deixam o olhar poderoso. Mas sabia que o efeito da máscara para cílios pode melhorar muito? Para um efeito incrível, os maquiadores usam o curvex, que por sua forma peculiar (lembra uma tesoura) acaba assustando as mulheres na hora de usá-lo. Para acabar com o medo de usar o curvador de cílios, trouxemos dicas para usar o acessório sem ficar com o pé atrás!

Como usar o curvex com sucesso?

Esquenta

Uma dica valiosa para quem quer começar a usar o curvex é esquentá-lo um pouquinho com o secador. Embora essa técnica dê mais resultado – pois estará fazendo com que os fios capilares dos cílios ganhem forma mais rápida e duradoura – é também um pouco perigosa. Para ter certeza de que não acontecerão acidentes, esquente o curvador por alguns segundos, teste a temperatura no braço e então coloque nos olhos.

Como usar o curvex?

Foto: Reprodução

Quanto mais rente, melhor!

Um dos erros mais comuns é não colocar o aparelhinho rente aos cílios por medo de quebrar ou beliscar a pele. É preciso prática, cuidado e bastante atenção para que acidentes indesejáveis não aconteçam, por isso indicamos: posicione o curvex bem rente aos cílios, aperte bem devagarzinho para ter certeza que não está beliscando e, só depois de se certificar, aperte-o com força por 10 segundos. Finalizando a primeira parte, vire o curvex um pouco para cima, ficando perpendicular à face.

Saia de mansinho

Passados os 10 segundos com o curvex, vá dando algumas apertadinhas sem abrir muito o acessório. Essas apertadinhas fazem com que os fios ganhem melhor forma e não se quebrem.

Sempre antes!

Sabe aquele medo de arrancar ou quebrar os cílios? Isso acontece quando aplicamos o curvex depois de já ter passado a máscara para cílios. Portanto, primeiro passe o curvex e logo em seguida o rímel.

Os modelos de curvadores

Os modelos de curvadores

Foto: Reprodução

No mercado existem alguns tipos diferentes de curvex. Os mais comuns costumam ser baratinhos e eficientes (feitos de plástico ou metal), entretanto há também aqueles que contam com a tecnologia: os curvadores térmicos. Esse último modelo é indicado para quem não quer arriscar esquentar o curvex simples com o secador, já que eles têm a temperatura regulável.

Vale lembrar: Para manter seu acessório sempre em boas condições, troque a borrachinha a cada seis meses ou quando ela começar a esfarelar.

Veja mais!