Por Nayla Georgia em 11/12/2012

Mistura de cereais, frutas secas, grãos e, às vezes, açúcar, a Granola é um sustento delicioso que faz parte das mesas no café da manhã ou lanche. Muitas pessoas gostam de consumir tal mistura de produtos naturais, mas não reconhecem as suas diversas propriedades benéficas para a saúde, afinal é um alimento bastante rico em vitaminas (A, B1, B2, B6, B12 e C) e também minerais, como o ferro e o zinco. Existem diversos tipos de Granola no mercado para atender a todos os gostos. Ela pode acompanhar vários alimentos como leite, açaí, iogurte, frutas, mas também é ótima para ser consumida sem qualquer outro acompanhamento.

Quais os ingredientes que compõem a Granola?

Benefícios da granola nos faz emagrecer!

Foto: Reprodução

A Granola reúne diversos cereais, frutas secas e outros elementos. Entre eles podemos encontrar cevada, aveia, farelo, gérmen de trigo, flocos de milho, arroz, trigo ou linhaça, castanha de caju, amendoim, castanha-do-pará, uvas, bananas ou maçãs secas. Esses ingredientes poderão variar de acordo com cada produto no mercado e alguns dos sabores podem vir com ou sem açúcar (mascavo ou orgânico), vale escolher a opção mais indicada para o seu caso.

Os benefícios da Granola

  • Reduz o risco das doenças cardiovasculares;
  • Diminui a absorção de gorduras dos alimentos;
  • Ajuda no controle da glicemia, prevenindo doenças como diabetes;
  • Aumenta a saciedade por mais tempo;
  • Auxilia o aparelho digestivo a funcionar melhor, já que é rica em fibras, ou seja, pessoas que sofrem com prisão de ventre têm o melhor funcionamento do intestino;
  • Pode ajudar a emagrecer, por que as fibras irão ajudar a controlar o apetite, mas vale lembrar que os efeitos apenas serão vistos caso a Granola esteja acompanhada de uma alimentação balanceada e saudável;
  • As pessoas que procuram por ganho de massa muscular também são beneficiadas com a ingestão diária desse alimento;
  • É ótima para a boa manutenção da pele, lutando contra o envelhecimento precoce e retardando os sinais naturais desse órgão mantendo as células sempre jovens.

Fique atenta!

Não existem restrições para o consumo da Granola, mas é recomendado consumir esse alimento pela manhã ou após a realização de alguma atividade física. É importante também aumentar o consumo de água ao incluir a Granola na dieta, pois o processo de digestão das fibras consume muito líquido do organismo e se ele não estiver bem hidratado, o intestino ao invés de soltar, prende. Vale lembrar que ao incluir esse alimento no cardápio é imprescindível manter uma rotina de atividades físicas e uma alimentação balanceada para poder perceber os benefícios dos grãos no corpo.

Veja mais!