Por Daiane Silva em 22/08/2011

Mamãe linda!

Durante todo o período de gravidez o corpo da gestante muda muito, sob efeito de hormônios, a pele estica demais, a cintura desaparece e o corpo retém líquido, inchando, principalmente pés e pernas. Mas isso não significa que a grávida deve se sentir feia e desconfortável, hoje em dia temos conhecimentos suficientes para que o período de espera do bebê seja um período tranquilo e que a mulher possa, sim, se sentir feliz e bonita.

Uma das melhores alternativas para ajudar na retenção de líquidos é a DRENAGEM LINFÁTICA, que, de forma suave, ajuda a estimular o sistema linfático a eliminar toxinas do corpo e evitar as estrias e celulite.

Drenagem Linfática para gestantes

É aplicada por fisioterapeutas, normalmente, mas também é oferecida por centros de estética, Spas e até por academias e hotéis – deve ser observado com atenção se o profissional é cadastrado na Sociedade Brasileira de Medicina Estética (www.sbme.org.br).

Como é a drenagem linfática para gestantes

A gestante deve, antes de tudo, conversar com o obstetra que a acompanha no pré- natal para saber se há alguma contraindicação no seu caso, assim como deve saber se não é alérgica a algum produto usado na estimulação, como óleos ou cremes.

A massagem é feita no corpo inteiro; de maneira bem suave, o profissional desliza as mãos, sempre em direção aos gânglios linfáticos, para que o líquido seja eliminado através da urina, o que desincha e estimula a circulação sanguínea, que costuma ficar mais lenta pelo aumento de sangue no corpo. Isto faz com que a gestante se sinta menos desconfortável e mais disposta, além de ter a autoestima elevada por se ver sempre bonita, com a pele em dia e sem o inchaço que aparece, principalmente no final da gravidez.

Também há uma opção para a gestante que não gosta de estimulação manual, é a DERMOTONIA, uma técnica francesa, aplicada apenas por profissionais treinados, que utiliza um aparelho que produz uma suave sucção na pele, o que produz o mesmo efeito da massagem. É preciso ter cuidado apenas para não confundir a técnica com outra, a endermologia, que é semelhante, mas produz uma sucção mais intensa, que não é aconselhável nesse período da gravidez. Cuidado também porque a sucção pode causar varizes, já que na gravidez os vasos ficam mais frágeis, por causa do aumento sanguíneo.

Veja mais!