Por Natália Petrin em 01/12/2015

O jazz musical é uma prática que, principalmente para os apaixonados por espetáculos musicais, sejam eles teatro ou cinema, encanta as pessoas. Criada por Marcio Americo, coreógrafo do Estúdio Anacã, em São Paulo, a técnica é um exercício cardiorrespiratório maravilhoso, além de trabalhar o corpo todo, favorecendo na definição. Segundo o criador, a ideia surgiu de uma vontade que ele tinha de trazer o clima da Broadway para a sala de aula, e foi quando ele desenvolveu uma modalidade bastante divertida e lúdica.

Para variar bastante o ritmo trabalhado, a cada duas semanas ele apresenta uma nova coreografia. “A aula não foi criada para profissionais. O importante é aproveitar o momento para se divertir, aperfeiçoar seus conhecimentos de dança e brilhar!”, alerta ele para a falta da necessidade de pegar todos os passos e dançar perfeitamente a coreografia.

“Atuo em musicais desde 2001. E esta foi minha inspiração para criar a modalidade, que antes só existia para quem desejava seguir carreira profissional. As aulas são baseadas em musicais bem conhecidos, o que dá sempre uma sensação de ensaio geral e apresentação. Até o aquecimento inicial e o alongamento final são coreografados”, declara.

Aula de jazz musical para melhorar o fôlego e definir o corpo

Foto: Reprodução/ YouTube

Benefícios da prática

Além de trabalhar toda a musculatura do corpo, o definindo, a prática ajuda a melhorar a respiração e o funcionamento dos órgãos, despertando a sensualidade, aumentando a autoestima e ajudando a relaxar.

Mas os benefícios não param por aí: quando associada à uma boa alimentação, a prática ajuda ainda no emagrecimento, eliminando a massa gorda e dando lugar a massa magra, reduzindo medidas e fortalecendo os músculos. A prática é perfeita para aqueles que não gostam muito de academia, mas querem definir os músculos e emagrecer com saúde.

Inspirações

As coreografias são inspiradas em vídeo clipes, shows e apresentações teatrais envolvendo grandes nomes da música internacional e nacional.

Veja mais!