Publicado por Ana Ligia

A chegada dos 30 anos é algo muito simbólico na vida de uma mulher. Grandes mudanças começam a surgir, não só na mente, que sem sombra de dúvidas se encontra mais madura, mas também no corpo.

Algumas perdas metabólicas naturais acontecem no organismo quando se atinge os 30 anos. Segundo a dermatologista Cláudia Maçal é nessa idade que começam a surgir as primeiras rugas.

“Estas mulheres apresentam o aparecimento das primeiras linhas de expressão, além de perda inicial da elasticidade e firmeza do tecido cutâneo. A presença de manchas ou sardas, que tem relação direta com a fotoexposição solar intensa até os primeiros 20 a 25 anos de vida, também é notada”, comenta a dermatologista.

As mudanças na pele da mulher depois dos 30 anos

Foto: depositphotos

Após os 25 anos existe um declínio na capacidade de proliferação e reparo celular.

Cláudia explica: “Nessa idade, temos a primeira perda no metabolismo de regeneração e começamos a ter deficiência em produzir espontaneamente os antiradicais livres e antiglicantes que combatem os superóxidos que envelhecem o nosso organismo, principalmente gerados pelo stress, poluição, má alimentação, cigarro, privação de sono e consumo exagerado de bebida alcoólica”.

O açúcar pode ajudar a acelerar o processo de envelhecimento da pele. Depois dos 30 anos, o ingrediente reage com as proteínas do corpo e fazem com que as fibras do colágeno fiquem menos elásticas, o que ocasiona em um tecido cutâneo menos nutrido e uniforme.

“Ocorre também o início da perda da capacidade da mitocôndria em gerar energia na sua capacidade máxima para as células, o que compromete a nutrição, oxigenação, capacidade de multiplicação e reparo de danos ocasionados por fatores ambientais, biológicos e cronológicos em consequência do envelhecimento natural”, destaca Cláudia.

Como retardar o surgimento das rugas

As linhas de expressão não devem ser encaradas com tanto repúdio. Elas são um sinal natural de quanta história boa você deve ter para contar.

Mas se ainda assim elas forem um grande problema para sua autoestima, saiba que há produtos e nutrientes que ajudam a suavizar e retardar esse processo.

“O paciente deve higienizar a pele pela manhã e à noite e, em seguida, utilizar uma loção tônica que recupere o PH cutâneo e promova hidratação, ação calmante ou, se necessário, ação de controle da oleosidade.

O creme para área dos olhos deve ser usado já nessa idade, duas vezes ao dia, de manhã e à noite. Logo em seguida, complementando o processo de limpeza e hidratação, um bom hidratante, quase sempre na forma de um sérum.”, recomenda a especialista.

Independente da época do ano é de fundamental importância o uso do filtro solar diário para evitar o surgimento de manchas e sardas.

Esses produtos devem conter proteção UVB, UVA, INFRA RED. Procure fórmulas que contenham a presença da vitamina A, C e E.

Veja mais!