Por Nayla Georgia em 10/07/2012

Dieta saudável

A Organização Mundial de Saúde (OMS) fez uma lista de quatro medidas que ajudam a emagrecer sem ameaçar o bem estar e a saúde. De acordo com esta organização, as dietas radicais não são boas indicações e somadas ao sedentarismo são a grande causa de doenças cardiovasculares e diabetes. Siga as dicas a seguir e prepare-se para uma vida saudável, bem estar físico e emocional.

Indicações da OMS para uma dieta saudável

Não vale forçar! Para emagrecer é preciso praticar uma dieta balanceada e saudável | Foto: Reprodução

As quatro medidas de emagrecimento saudável da OMS

1 – Consumir menos sal e açúcar

O açúcar é cheio de calorias e, por isso, é o maior responsável pelo ganha de peso, além de causar diabetes. Reduza o seu uso diário ou retire-o completamente da alimentação. Se não for possível, aposte em versões mais naturais como o açúcar mascavo ou o demerara, em chás prefira o uso de mel para adocicar. Já o sal é rico em sódio, que contribui para a retenção de líquidos, deixando o corpo inchado e aumenta a pressão arterial. Troque o sal por temperos naturais, como a cebola, alho, ervas aromáticas e pimenta. Evite usar temperos prontos e também os alimentos industrializados, pois além do alto nível de sódio, contêm corantes e conservantes que fazem mal ao organismo.

2 – Incluir mais fibras ao prato

Presente nos cereais, legumes, verduras e frutas, as fibras são essenciais no cardápio diário. Elas dão a sensação de saciedade, logo, diminui a fome e evita ingerir comida em excesso. As fibras impedem que a parte gordurosa dos alimentos seja absorvida pelo organismo e também ajudam no funcionamento correto do intestino. Tente investir nos alimentos integrais, três porções diárias de frutas e hortaliças. Substitua as fontes de carboidrato, como pães, macarrão, arroz e biscoitos, por suas versões integrais. Consuma aveia, granola e quinoa sempre que puder, pois são ótimos cereais cheios de fibras.

3 – Diminuir o consumo de gorduras na dieta

No Brasil, o consumo da gordura saturada está 92% acima do que deveria. Ela é completamente cheia de calorias e deixa o apetite cada vez mais voraz ao longo do tempo. É possível encontrar a gordura saturada nas frituras, carnes gordurosas, doces cremosos, bolachas recheadas, queijos amarelos, fast food, leite integral, creme de leite e outros. Evite estes alimentos e terá um organismo mais saudável.

4 – Beber muita água

Se hidratar é muito importante. Beber água vai estar ajudando na queima de gorduras dentro do organismo e ainda terá mais resistência para aguentar exercícios físicos longos. Sucos de frutas e água de coco também são ótimas opções para se reidratar. Ter um corpo hidratado não é somente bom para o interior, mas também traz a beleza da pele e dos cabelos. O funcionamento dos rins e intestino é beneficiado com a ingestão de água. Além de que ingerir mais de um litro deste líquido diminui as chances de desenvolver a hiperglicemia (alta concentração de açúcar no sangue). Deve-se consumir mais de dois litros de água por dia, em diferentes intervalos de tempo. Substitua refrigerantes e outras bebidas industrializadas pela água.

Dica: Antes do café da manhã, beba um copo de 300 mililitros de água para ativar o organismo!

Veja mais!