Por Natália Petrin em 25/11/2015

Nem sempre é fácil alcançar o emagrecimento e a boa forma, mas quem é atleta tem que manter seu esforço constantemente, uma vez que trata-se de sua profissão. Esse desgaste, no entanto, vale muito a pena, já que além de manter-se em forma, acabam fazendo o que gostam e conquistando prêmios.

O que as atletas fazem?

Hortência foi a maior pontuadora da seleção brasileira de basquete, e defende que independentemente do corpo que tem, cada um tem que se sentir bem consigo mesmo. A ex-jogadora, que já passou dos 50 anos, faz musculação diariamente e mescla spinning, muay thai e dança para não enjoar na atividade aeróbica. Ela faz isso porque gosta de chegar na praia e tirar a canga, sentir-se bem com seu corpo. Na alimentação, ela diz que libera tudo: “só que com moderação, é claro. Em vez de pegar uma barra inteira de chocolate, pego só um pedacinho”.

Já Ana Cláudia Lemos, com 27 anos de idade, é a principal promessa do atletismo brasileiro e é bem focada no que deseja: “Se você quer alcançar as próprias metas, precisa ter atitude e iniciativa para seguir o planejamento”. Fernanda Garay, que foi ouro nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012, afirma que manter dieta é difícil por causa dos sacrifícios. Ela faz substituições para tentar fazer valer a pena, buscando o melhor para sua saúde e seu corpo.

Cardápio de Fernanda Sierra

Aprenda super dicas fitness com atletas famosas

Foto: Reprodução/ internet

Fernanda Sierra é a sucessora de Sue Lasmar, como atleta vencedora da categoria “Diva Fitness” pela World Bodybuilding & Fitness Federation, educadora física e coach. Segundo ela, não se trata apenas de dieta para alcançar o corpo perfeito. “Treino também todos os dias, e um treino bem feito e bem periodizado é com certeza um dos maiores sucessos quando falamos de resultados. Vejo algumas pessoas falando que a dieta é 70% do resultado, porém não acredito nisso. Se você treina direito, terá a mesma proporção que a dieta no sucesso final”.

Ela revela que faz 6 refeições ao dia, de três em três horas, e quando está longe de competições, faz uma refeição livre aos finais de semana. Seu cardápio, antes das competições, envolve o consumo entre cinco e seis litros por dia, enquanto em dias normais fica entre dois e três litros.

Confira abaixo o seu cardápio de dieta:

9h 
– 5 claras + 1 ovo inteiro + Chia
– 50g/100g de batata doce
– 2g ômega-3
– 1g vitamina C

12h 
– 150g de frango grelhado
– 50g/100g arroz integral
– saladas à vontade

15h 
– 150g tilápia grelhada
– 50g/100g batata doce
– brócolis

18h 
– 150g de frango grelhado
– 50g/100g de arroz integral com abobrinha

22h 
– 150g de tilápia grelhada
– 50g/100g batata doce
– folhas verdes

1h 
Opção 1 

– 150g de frango grelhado
– 1 colher de pasta de amendoim

Opção 2 
– Omelete com 5 claras + 1 ovo inteiro + espinafre

Veja mais!