Por Débora Silva em 29/09/2015

Seja ao ar livre ou nas academias, mais pessoas buscam praticar exercícios físicos quando o tempo começa a esquentar. Malhar nos dias mais quentes requer cuidados extras, pois o calor intenso pode prejudicar a prática dos exercícios físicos e a sua saúde.

As complicações que podem ocorrer incluem a desidratação, cãibra, machucados e até problemas cardiovasculares.

Dicas para se exercitar com segurança no verão

Hidratar o organismo

Manter o corpo hidratado é obrigatório para manter a saúde em dia e indispensável durante a malhação. Quando o treino é realizado nos dias mais quentes, a perda de água e eletrólitos é maior, o que pode causar cãibras e dores de cabeça. Por isso, não espere sentir sede para beber água durante os exercícios.

Aprenda dicas para malhar bem nos dias quentes

Foto: Reprodução/ internet

O ideal é beber cerca de 300 ml do líquido por hora, dando pequenos goles no decorrer do exercício. A água é a melhor fonte de hidratação, já as bebidas isotônicas são recomendadas somente para as atividades que duram mais que uma hora.

Alimentação antes e depois do treino

Muitas pessoas sentem menos fome nos dias quentes, mas alimentar-se antes e depois do treino é muito importante. Antes dos exercícios, a recomendação é ingerir alimentos leves, como frutas. Caso você pratique exercícios à noite, uma boa opção é uma salada com proteína magra grelhada.

Atenção à intensidade e aos horários

Se você treina na academia, precisará de um tempo para se acostumar com a nova temperatura. Para isso, modere a intensidade dos exercícios.

Se você pratica caminhada, corrida e outros exercícios ao ar livre, evite os horários mais quentes do dia, como o início da tarde. Logo cedo da manhã, o entardecer e a noite são os horários mais indicados para preservar a boa saúde, evitando a desidratação e complicações cardiovasculares.

Se você fizer algum exercício sob o sol, lembre-se de aplicar filtro solar e vestir roupas mais leves.

Mantenha o ânimo

O calor nos deixa mais cansadas do que o normal, por isso pode ser necessário algum esforço a mais para manter o ânimo e a prática dos exercícios físicos. Lembre-se que, se você deixou de treinar no inverno, levará um tempinho a mais para recuperar o fôlego.

Respeitar o seu condicionamento físico é outra dica importante. Após um período de sedentarismo, a atividade física deve ser realizada em pequenos ciclos, que podem ser aumentados de acordo com a resposta positiva do organismo.

Durante o verão, a fase de aquecimento pode ser reduzida, mas continua necessária para diminuir o risco de lesões.

Veja mais!