Por Natália Petrin em 18/09/2015

Muitas vezes, quando tentamos a todo custo emagrecer, mas não conseguimos, estamos sendo sabotados pelos nossos próprios pensamentos. Mudar a mente, portanto, é essencial para que possamos transformar o corpo.

O processo de emagrecimento é algo complexo, pois além de fazer dieta e praticar exercícios físicos, é necessário não desanimar, pois os resultados podem demorar um pouco para chegar, dependendo do metabolismo do corpo de cada indivíduo.

Pensamentos que sabotam a dieta

Se você não consegue manter-se no peso ideal ou chegar nele, é muito provável que você passe por algumas das situações que vamos citar a seguir:

– “Como será minha vida quando eu conseguir emagrecer? O que vai mudar e o que poderei fazer? Será que vou conhecer alguém especial?” É muito comum esses pensamentos passarem pela cabeça de quem quer emagrecer. Mas enquanto não conseguem, as pessoas se escondem.

– Sentimento de culpa ao comer algo fora da dieta, o que normalmente faz com que coma ainda mais.

– Seu maior problema, em seu pensamento, é estar acima do peso.

– Você costuma culpar o sobrepeso pela maior parte dos seus problemas.

– Toda vez que fica com ansiedade corre para comer, de forma a encontrar conforto imediato no alimento.

Se você se encaixou nos pensamentos acima, você tem colocado o peso à frente de outros problemas mais sérios. É importante descobrir o que realmente te impede de emagrecer: o que te faz burlar a dieta e se colocar em segundo plano?

Aprenda a emagrecer através da mente

Foto: Pixabay

Passo a passo para o emagrecimento através da mente

  1. Coloque o seu sonho de emagrecer como uma realidade possível: estabeleça quanto você quer pesar e um prazo limite para alcançar esse objetivo.
  2. Seja realista e coloque prazos que sejam realizáveis, ok? Muita gente se frustra ao colocar prazos pequenos que arriscam, inclusive, a saúde.
  3. Foco, mudança de hábitos? Descubra o que você realmente precisa para conseguir emagrecer.
  4. Ao invés de pensar que precisa “perder peso”, uma vez que “perder” é visto como um termo negativo, pense no que vai ganhar ao emagrecer. Anote tudo que o emagrecimento vai te trazer de bom e coloque em um mural: resgate da autoestima, saúde, roupas…
  5. Mantenha-se preparada contra as tentações. Tenha consciência das tentações sabotadoras e compare os ganhos permanentes do item 4 com os temporários que esse alimento sabotador vai trazer.
  6. Do que terei que abrir mão para emagrecer? Anote todas as respostas para essa questão para lembrar-se constantemente, mas sempre junto com o que vai ganhar.
  7. Busque fontes alternativas de prazer: não deixe de ir aos bares com os amigos, por exemplo, mas não esquecendo de buscar fontes light de prazer em comidas e bebidas.

Veja mais!