Por Marianna Feiteiro em 11/12/2013

Alguns alimentos são capazes de interferir diretamente no nosso bem-estar e humor. Isso acontece basicamente porque as mudanças na dieta são capazes de produzir modificações na estrutura do cérebro, tanto químicas quanto psicológicas, que resultam em alterações de humor.

Alimentos do bom humor

Foto: Reprodução

Este processo está relacionado a diversos fatores. Um deles é a frequência com que se come. Quando passamos muito tempo sem nos alimentar, o nível de açúcar no nosso sangue cai drasticamente, provocando inúmeras reações adversas, como tontura, fadiga e mau humor. Outro ponto relevante é a composição dos alimentos em si. Enquanto algumas comidas ajudam na síntese de serotonina no organismo, que é responsável pela sensação de bem-estar, outras são capazes de causar irritação e mau humor.

Confira quais são os alimentos capazes de nos deixar mais felizes:

Proteínas e carboidratos

Arroz integral é um carboidrato inteligente que melhora o humor

Foto: Reprodução

As proteínas são ricas em tripotófano, um tipo de aminoácido que, junto com as vitaminas B, contribui para a síntese de serotonina no cérebro. Já o carboidrato contém aminoácidos que contribuem para a absorção do tripotófano contido nas proteínas pelo cérebro. Por isso, o ideal é combinar esses dois elementos. Porém, é importante optar pelos carboidratos inteligentes, como os integrais, frutas, vegetais e legumes.

Invista em: peixes, filé de frango, ovos, laticínios magros, arroz integral, mandioca, abóbora, cenoura, maçã e pera.

Ômega-3

Salmão é rico em ômega-3, que garante o bem-estar

Foto: Reprodução

Estudos apontam que os ácidos poli-insaturados do ômega-3 ajudam a prevenir contra a depressão. Isso porque o componente afeta o caminho de neurotransmissores no cérebro.

Invista em: salmão, atum, tilápia, bacalhau, nozes, azeite de oliva, folha de mostarda, semente de chia e óleo de linhaça.

Cacau

Cacau melhora o humor

Foto: Reprodução

O cacau é benéfico porque estimula a liberação de endorfinas, o que contribui para a síntese de serotonina. O componente ajuda a relaxar a aliviar o estresse.

Já o chocolate e outros doces feitos com açúcar refinado ou ricos em gordura podem provocar o bem-estar momentâneo. Porém, como sua absorção é muito rápida, eles provocam uma alta repentina do nível de glicose no sangue, que melhora o humor, seguida rapidamente por uma queda brusca do mesmo nível, causando depressão. Por isso mesmo, algumas pessoas ficam viciadas na sensação rápida de prazer provocada pelo chocolate e não conseguem parar de ingerir o alimento, prejudicando a saúde e o peso.

Invista em: chocolate amargo ou meio amargo.

Fibras

Por conter muitas fibras, o mamão ajuda a regular o intestino e diminuir a irritação

Foto: Reprodução

Você sabia que o termo “enfezado” deriva de “cheio de fezes”? Isso porque a prisão de ventre é uma das grandes causas do mau humor e irritação. Para se livrar do problema, aposte em uma dieta rica em fibras e líquidos, que regula o trânsito intestinal, além de tornar a absorção do açúcar mais lenta, evitando quedas bruscas no nível de glicose.

Invista em: verduras, legumes, frutas com casca, mamão, ameixa seca e farinhas integrais.

Verduras escuras

Folhas escuras, como o espinafre, contêm ácido fólico, que combate o estresse

Foto: Reprodução

A grande quantidade de ácido fólico presente nelas é capaz de reduzir os sintomas do estresse.

Invista em: brócolis, espinafre e couve.

Veja mais!