Por Camila Albuquerque em 05/02/2013

A serotonina é uma importante molécula envolvida na comunicação entre os neurônios, produzida no tronco encefálico, no núcleo da rafe. Este neurotransmissor é fundamental para ajudar, por exemplo, na capacidade de resposta aos estímulos ambientais. Também possui outras funções, entre elas: controle da liberação de alguns hormônios, regulação do ritmo circadiano, do sono e do apetite, ajudam contra a ansiedade, a obesidade, a depressão, a enxaqueca e a esquizofrenia. Por exemplo: indivíduos deprimidos apresentam níveis baixíssimos de serotonina em seu sistema nervoso central. Mas nem todas as funções deste neurotransmissor foram descobertas, pouco a pouco os cientistas descobrem algumas novas.

Alimentos com serotonina merecem um lugar no seu cardápio

Investir em alimentos ricos em serotonina ajuda a melhorar o humor. Leia nosso artigo e saiba mais detalhes. | Foto: Reprodução

Apesar de já existir naturalmente em nosso cérebro e não ser nenhuma novidade, a serotonina é importantíssima e pode ser liberada em quantidade maior se ingerirmos certos tipos de alimentos. “Inclui-la” em seu cardápio pode proporcionar ainda mais a sensação de alegria, bem estar e até ajudar no seu sono. A sensação de prazer após uma refeição será estendida, que tal experimentar?

A serotonina vai te ajudar a combater…

  • A enxaqueca: este mal que atormenta muitas mulheres possui como uma das chaves dos seus tratamentos a serotonina.
  • A depressão: alguns medicamentos usados estimulam a liberação de serotonina nos pacientes.
  • O mau humor: a serotonina te deixará mais alegre, sorridente e de bom humor, chegando até a te deixar mais tranquila e menos agressiva.
  • A fome “falsa”: perceba que pessoas tristes tendem a comer mais doces. Isso acontece porque a transmissão de serotonina nesses indivíduos não é tão eficaz. Mas, ao menos, pode ser regulada.
  • A insuportável TPM: acredita-se que a maioria dos sintomas da TPM estejam ligados à baixa transmissão de serotonina em nosso cérebro. Até a temida cólica possui uma relação com a pouca serotonina no cérebro. A boa notícia é que existe tratamento.

Alimentos que estimulam o aumento da produção desta molécula

Inclua no seu cardápio mais alguns desses alimentos e desfrute do seu bem-estar: Banana, cafeína, pão, arroz, macarrão, feijão, mamão, noz, castanha-do-pará, vegetais de cores fortes, atum, frango, amendoim, abóbora, tofu, frutas cítricas, abacate, salmão, gérmen de trigo, canela, chá verde, lentilha, mel, leite e iogurte.

Mas os nutricionistas alertam: é preciso ter cuidado na quantidade de alimentos ingeridos que estimulam a produção de serotonina. Em excesso, podem fazer mal à saúde. E se após ingerir alguns desses alimentos você não se sentir melhor (caso seu caso pareça ser um pouco mais complexo…), procure um profissional que possa te recomendar um tratamento adequado.

Veja mais!