Por Daiane Silva em 24/10/2011

Como perder cinco quilos em 21 dias sem passar fome?

Essa é a promessa da dieta da água, que vem sendo estudada por pesquisadores, como na Universidade Virginia Tech, nos Estados Unidos, que acompanharam por três meses, 48 adultos, divididos em dois grupos. A cada grupo, a dieta oferecida era de baixas calorias, mas um dos grupos tomava meio litro de água antes do café da manhã, almoço e jantar. Nesse grupo, a perda de peso chegou a dois quilos a mais do que no outro.

Beber Água

Uma das possíveis razões para o emagrecimento é a falta de espaço no estômago para alimentos

Água

  • Bebendo mais, não se bebem as bebidas com açúcar, como refrigerantes, responsáveis pelo aumento de peso e outros danos à saúde. Nos Estados Unidos, o consumo de líquidos açucarados corresponde a 10 % do consumo de calorias diárias, e naquele país, a obesidade é uma epidemia.
  • Ela ajuda na diluição e eliminação de toxinas que estão presentes nos alimentos de origem animal, que consumimos constantemente, também nos medicamentos e produtos industrializados. Como as toxinas tem afinidade com gorduras, o excesso de toxinas no organismo dificulta a transformação de gordura em energia, além de causar processos inflamatórios, como a celulite.
  • Bebe-la também favorece a queima calórica, já que o corpo precisa trabalhar mais para processar o líquido extra e, se estiver gelada, o aumento no gasto calórico é de 4,5%, em até uma hora após a ingestão. Ou seja, tomar 8 copos de água gelada por dia, queima 200 calorias!
  • A desidratação é um sério problema que pode acarretar muitos prejuízos à saúde, ela costuma ser confundida com fome, pois causa dor de cabeça, cansaço e vontade de comer frutas cítricas e alimentos gelados, principalmente. Quando falta água, para se proteger, o corpo começa a reter líquidos. Assim, muitas vezes para desinchar deve-se beber bastante deste líquido. Ele é essencial para a formação do bolo fecal, por isso, sua falta atinge o funcionamento do intestino. E não resolve comer fibras, é preciso ingerir mais água. Só não se pode exagerar na dose e ultrapassar os 4 litros diários. Afinal, a hiper-hidratação dilui o potássio e os eletrólitos do sangue, trazendo fraqueza e mal-estar.
  • Um adulto perde diariamente em torno de 2,5 litros de água. O equivalente a cerca de dez copos, sendo que meio é eliminado pela sola dos pés, de 2 a 4 pela respiração, mais 2 pela transpiração e 3 pela urina. Para não prejudicar a absorção de nutrientes ou a digestão, procure beber sempre nos intervalos das refeições ou até um minuto antes de começar a comer. Os que se exercitam regularmente precisam ingerir um pouco mais, sendo  indicado se pesar antes e depois da ginástica e repor cada grama de peso corporal perdido com o equivalente em mililitros de água. Outra pista de que a hidratação foi suficiente é a urina: se ela estiver clara e sem odor forte, é sinal de que a reposição foi adequada.
  • Se você quiser acelerar a perda de peso, tome um copo (200 ml), de preferência gelado, em jejum e nos intervalos de todas as refeições, mantenha a alimentação equilibrada, consumindo muitas frutas e legumes e, se praticar alguma atividade física, além de comer menos, você vai gastar mais calorias, que é a regra básica para emagrecer.

Veja mais!